Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Influências de Quíron sobre nós


A órbita de Quíron se completa entre 49 e 51 anos; como ela é bastante elíptica, quando ele está mais próximo do Sol, ela entre na de Saturno; e quando ele está mais longe do Sol, ela se aproxima da de Urano (mas não a cruza): unir esses dois opostos, como Quíron faz, é como criar uma forma holística de consciência, que transcende a tensão entre eles (por isso, simboliza uma ponte de ligação entre esses dois planetas). A natureza muito elíptica da órbita faz com que ele fique pouco tempo p.ex. em Libra (cerca de 1,75 anos) e muito tempo p.ex. em Áries (cerca de 8,25 anos), com as implicações decorrentes (sobretudo no que diz respeito ao tempo variável que decorre para as quadraturas e oposições).

O retorno de Quíron a sua posição original acontece em algum momento entre 49-51 anos. A volta de Quíron representa um ponto de escolha: nós estamos nos movendo para a morte ou nos movendo mais profundamente para dentro da nossa espiritualidade e essência? Para aqueles que têm trabalhado na cura de suas feridas e estão abertos para sua espiritualidade pode ser um período verdadeiramente notável em suas vidas. Pode ser um tempo de grande criatividade e que nos permite encontrar nosso próprio lugar no mundo. Por outro lado, se as lições de Quíron não tiverem sido integradas e a pessoa não tiver se aberto para o reino espiritual isto pode ser um teste se não uma mortal experiência.(James Jarvis)

A configuração de Quíron descreve “ o caminho” do indivíduo, como expressa apropriadamente a palavra árabe tariqa. No sufismo tradicional, um grupo de discípulos reúne–se em torno do mestre que personifica certas qualidades, representando a tariqa particular ou o “caminho para o divino”. Em termos psicológicos, Quiron é o Mestre Interno a quem devemos obediência e dedicação. O conjunto de ingredientes astrológicos que o cercam podem simbolizar as provas, as tarefas e as provações que surgem sob a tutela desse Mestre Interno, cujo caminho ou tariqa é a própria vida, independente ou não de seguirmos uma tradição espiritual.

Aonde Quiron estiver presente no mapa natal, e onde Quiron estiver atuando por trânsito ( isto é, aonde a posição atual de Quiron estiver interferindo no mapa natal ), sentimos algum tipo de necessidade, desejo ou compulsão de elevar o nosso nível de consciência : nós usamos palavras especiais para descrever esse processo, como “iluminação”, “maestria”, “expertise” . O posicionamento de Quiron no horóscopo natal representa uma área da vida que é inicialmente bloqueada ou ferida ou que não consegue ser vivenciada em sua plenitude, embora também possa descrever o campo em que devemos fazer uma contribuição singular e individual... A dor e a frustração que sentimos nessa área podem nos impelir a iniciar uma jornada interna de cura, quase sempre descrita em termos qualitativos pelo signo em que se encontra Quiron. Os planetas em aspecto com Quiron também nos revelam certos dados sobre o tipo de terreno pelo qual talvez devemos passar .


Com freqüência Quiron simboliza coisas que podemos realizar para os outros, mas que somos incapazes de fazer para nós próprios. O paralelismo mitológico é evidente; com efeito, Quiron era incapaz de curar suas próprias feridas apesar de ter a faculdade de curar outras pessoas, de modo que, à princípio, não podia tirar proveito daquilo que oferecia aos outros. E o que começa como doença se transforma não em apenas saúde mas também uma maneira de se chegar a um novo estado de força interior, integridade e liberdade. Tal processo de auto - cura pode gerar informações importantes para outras pessoas, enquanto estas alcançam os seus próprios estados de completude.

A Casa, e o Signo de Quíron, revelam as áreas de busca de transcendência, de aprendizagem e de experiências que requerem domínio e auto-aperfeiçoamento. Há uma ferida, que precisa sarar, e, pode ser feito, através de serviço ou dedicação a uma causa maior. Há sempre lições a serem entendidas nessas áreas, e, portanto, mudanças de direções e de atitudes. É um desafio, que nos é oferecido, o de criação de novas formas, internas e externas, “o caminho para o divino.”

"O posicionamento de Quíron por casa enfoca a área em que podemos sentir dor e enfrentar dificuldades, bem como a esfera em que procuramos expressar nossa individualidade distinta. Podemos evitar nos "expor à luz" nesse campo de experiência, recolhendo-nos em nosso sofrimento, como fez Quíron com sua ferida incurável, ou podemos ingressar nessa esfera apenas quando submetidos a alguma pressão ou ao assumirmos um papel nobre, como Quíron em sua função de curador e mentor de heróis.

A posição de Quíron na casa pode nos mostrar onde fomos feridos ou machucados de algum modo e, através dessa experiência nos fazer obter um tipo de sensibilidade e de autoconhecimento que nos capacita a entender e ajudar melhor aos outros". (Sasportas). Podemos também considerar o posicionamento de Quíron por casa como TEMENOS - recinto sagrado onde o indivíduo pode descobrir o lado numinoso da vida.Outra imagem, quando consideramos Quíron como Mestre Interno, sua casa e signo quase sempre descrevem importantes lições que devemos aprender durante a vida presente. Essas lições representam mais o objetivo interno de nossa jornada do que qualquer outra coisa externa e envolvem o Caminho do Meio, o que é apropriado para que possamos cumprir nosso dharma individual.

Antes de o Caminho do Meio ser encontrado e reconhecido, Quíron tende a manifestar-se através de algum sofrimento, na forma de tudo-ou-nada; entretanto, com a maturidade e a renúncia, pode emergir um sentimento de integridade - quase sempre associado a certo sentido religioso ou em conexão com o dharma - dentro de algum contexto maior que nós mesmos - constituindo-se na dádiva de Quíron.Além disso, os planetas que formam aspectos com Quíron, representam, nessa trama, forças internas e externas contra as quais devemos lutar, a fim de que não nos afastem do dharma.

Em termos mais gerais, 1977 marcou uma época em que, pelo menos nos Estados Unidos, passou a ser focada muita atenção para o que veio a ser chamado de ‘Medicina Holística’. Em vários exemplos ocorridos na segunda metade da década de 1970, podemos ver analogias com Quíron como um baluarte de sua raça, o único Centauro que deixou a companhia daqueles de sua espécie para buscar o que ele sentiu ser um caminho melhor de vida.

As descobertas de Urano (em 1781), Netuno (em 1846) e Plutão (em 1930) tiveram a ver com eventos mundiais importantes para a humanidade, nessas épocas. Quanto a Quíron, talvez o assunto mais importante no mês de sua descoberta tenha sido, em 19.11.77, a reunião entre o presidente do Egito, Anwar Sadat, e o primeiro-ministro de Israel, Menachem Begin, para discutir a paz entre esses dois países, do que resultou o isolamento do Egito em relação aos seus vizinhos árabes; e isso deve ter contribuído para o assassinato de Sadat.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (177) signos (80) magia (79) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) (52) umbanda-astrologica (50) tarô (47) espaço (43) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) Astrofísica (36) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) astrofisica (22) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) ciência (18) lua (18) astronomia (17) destino (17) energias (17) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) terra (14) zodiaco (14) exu (13) mapa astral (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) 2012 (11) estrela (11) ogum (11) planeta (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) fotos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) escorpião (8) ex-BBB (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) Estrelas (7) astros (7) beleza (7) busca (7) cientistas (7) energia (7) galáxia (7) magia sexual (7) mistério (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)