Total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de março de 2011

Temos o poder de Escolher?


Não duvide de seu poder! Mas obedeça aos limites que o Cosmos lhe impõe. Pois somos livres para escolher, mas temos o dever de obedecer às regras. E uma dessas regras é que temos sempre que escolher o caminho certo. Isso na verdade não nos faz tão livres assim, pois temos o poder de escolher, mas entre as coisas a nós impostas.

Com o crescente interesse sobre esse assunto, também levantado pelo filme The Secret (“O Segredo”), vou ‘filosofar’ sobre o poder de nossa mente. Creio que a sincronicidade entre o céu e a terra, (especialmente nas conjunção entre Sol e Lua) vem demonstrar mais uma vez que o ser humano sintonizado com as forças do universo pode receber energias poderosas que o ajudarão em sua evolução. Não existe acaso nas Leis do Universo. Por essa razão, vou lembrar e comentar o Princípio Hermético de N° 1, que contém em si, todos os outros princípios. Em nossos dias o termo ‘hermético’ significa secreto, fechado de tal maneira que nada escapa, expressando que os discípulos de Hermes Trismegisto - o Três Vezes Grande - sempre observavam o princípio do segredo nos seus preceitos e ensinamentos.

Os antigos instrutores do Egito pediam este segredo, mas nunca desejaram que os preceitos não fossem transmitidos aos interessados. Eles não instituíram uma ‘religião’, de forma que estes princípios pudessem ser aproveitados por todos, e não pertencessem a nenhum credo. De fato, os ‘Princípios Herméticos’ são baseados nas Leis da Natureza, e como tais pertencem somente à Ordem Divina à qual todos nós temos acesso. Por essa razão essas Leis Universais estão sendo divulgadas e estão chegando aos ouvidos de muitos! Os Princípios Herméticos, também chamados de Leis Universais, norteiam o pensamento de muitos espiritualistas e especialmente o astrólogo que se baseia nelas para interpretar as configurações astrais e relacioná-los com os acontecimentos na Terra. È o Macro indicando o Micro. Com a vinda a Era de Aquário (que se encontra em período de superposição) aquilo que era secreto e escondido torna-se mais aberto, à disposição de todos. Caem as barreiras e abrem-se as portas do conhecimento para os ouvidos que estão preparados para ouvir a Voz do Mestre.

Abram-se as portas do Conhecimento! A Lei da Atração está contida em todas as 7 Leis Herméticas, mas principalmente na Primeira. No entanto só entenderá esse segredo os mais atentos e quando perceberem que nem tudo depende de nós, mas partem de Leis Cósmicas as quais regem todo sistema. Nós apenas temos que fazer escolhas e temos liberdade para tal, mas as oposições são a nós impostas conforme a necessidade de nossas adaptações carmicas, tão necessárias pra nossa evolução espiritual. A Primeira Lei Hermética revela o Principio do Mentalismo: “O TODO é MENTE, o Universo é Mental”. No entanto, muito poucos conseguem atingir esse poder e controla-lo. Este é sem dúvida o mais importante de todos os princípios herméticos, já que nele estão contidos todos os outros.

O TODO (ou seja, a realidade que se oculta em todas as manifestações de nosso universo material) é Espírito, Incognoscível e Indefinível em si mesmo, mas pode ser considerado como uma Mente Vivente Infinita Universal. “Compreendendo a verdade da Natureza Mental do nosso Universo, o discípulo estará bem avançado no Caminho do Domínio”, escreveu um velho mestre do Hermetismo. Estas palavras continuam atuais e verdadeiras e é a chave para a nossa compreensão das regras e Leis que regem no universo material. Eu sempre imaginei DEUS como um grande cérebro pensante.

Com neurônios exatamente como nosso cérebro, cheio de impulsos elétricos energéticos e criadores. E, como nós “somos feitos à imagem e semelhança de Deus”, somos principalmente um cérebro pensante. A diferença entre nós e Ele é que às vezes nós entramos em pane e Ele não! No entanto Deus tem forma, mas não limitações como nosso corpo nos impõe. Quando essa afirmação é interpretada erroneamente, de forma literal, pensamos num Deus com feições humanas e não podemos compreender seu verdadeiro significado. Ou seja: Tudo está na Mente. A nossa mente é poderosa e grava palavras, imagens, sons, e tudo mais que está ao nosso redor, mesmo se não percebemos.

Se desde pequenos fomos condicionados por palavras negativas pronunciadas por nossos pais ou educadores, guardaremos essas palavras em nosso cérebro como num HD (disco rígido) de computador, programado para responder aos nossos comandos de forma negativa. Essas informações estarão sempre presentes para nortear nossas escolhas e atos futuros. Assim, começaremos nossas ações pensando de forma negativa e estaremos fadados ao fracasso! Porém, alguns fatores presentes em nosso Mapa Natal nos fazem pensar negativamente ou pensar de forma errônea sobre nossas possibilidades. É como se nosso HD mental tivesse vindo de outra encarnação já com alguns programas pré-instalados. E esses programas nem sempre, ou nem todos, são úteis e favoráveis! Alguns nos criam dificuldades.

O duro é constatar que nem todos os programas podem ser removidos, pois são como testes pra nós servindo pra nossa evolução e treinamento. Muitos dizem: “Eu não tenho sorte no amor”! No entanto o amor não é simplesmente um fator de sorte. Talvez só amor correspondido o seja, de fato. Sei que é muito difícil conseguir uma interação muito boa com outro ser humano que pode possuir um uma mente tão complicada quanto a nossa! No entanto, é verdade que, quando nosso primeiro relacionamento não funciona como desejado, podemos ter armazenado uma imagem negativa, e assim temeremos que tudo possa dar errado novamente nas próximas relações. Mas é justamente esse ‘medo’ que altera o resultado final.

A programação antecipada de um fracasso gera um fracasso. Então devo crer que, da mesma forma, se projetar em minha mente um filme daquilo que desejo realizar poderei materializá-lo? Mas se é tão simples assim, então porque tanta gente não consegue realizar esse ‘milagre’? Exatamente porque nossa mente lógica é comandada pelo Ego, como ensinam os cabalistas. Alem do mais nem todo mundo tem o direito de conseguir o que quer e quem afirma que tudo é possível está completamente equivocado e vendendo ilusões. Nem todo mundo nasceu pra ser ou pra ter o que quer.

A grande maioria veio à vida para cumprir e realizar algumas metas predeterminadas. O Ego (relacionado com a Lua e seus aspectos na interpretação da astrologia cabalística) não nos conecta com as Leis Universais, mas tem suas próprias leis, físicas, condicionadas ao corpo físico e à sua satisfação egoísta de perpetuação. O Ego recebe ‘ordens’ de nossos impulsos e necessidades básicas e condiciona nossas ações para somente satisfazer a si próprio. A Lua com seus aspectos e posições em nosso mapa astral, indica claramente quais foram os condicionamentos que recebemos na infância sob a influência de pais, educadores e meio ambiente em que vivemos nos primeiros anos de formação das imagens mentais.

Os primeiros 7 anos de uma criança são decisivos para a gravação dos programas básicos de condicionamentos. E enquanto estivermos sob essa influência estaremos sujeitos às Leis da Consciência Coletiva e agiremos como carneirinhos perdidos necessitados de um cão-guia para retornar para casa! O carneirinho pasta, se abriga, se reproduz, mas não ‘sabe’ voltar para casa! A Consciência Coletiva serve então para a grande massa de pessoas que não deseja alcançar o desenvolvimento espiritual e que se contenta com esse tipo de vida material. Nada de errado nisso! Se você deseja somente riqueza, satisfação, comida, sexo, prazer, não há nada demais nisso. A menos que você prejudique seu próximo para conseguir o que deseja, esses anseios do Ego podem e devem, na justa medida, também ser satisfeitos. Mas são os desejos do Eu Interior que precisam ser desenvolvidos e somente o Eu Interior pode entrar em sincronicidade com a Mente Superior.

A posição da Roda da Fortuna ou Roda do Espírito no mapa de uma pessoa nos mostra se as riquezas a serem buscadas por ela devem ser espirituais ou materiais. Onde o medo não atrapalhe o entusiasmo das pessoas e que os interesses pessoais não estejam acima das necessidades globais. Vamos ficar atentos aos nossos desejos e direcionar nossas ‘antenas’ para materializar aquilo que desejamos para o nosso bem! Devemos tomar cuidado com nossos desejos. Sinceramente, eu creio que existe uma diferença entre ‘desejar os desejos do Eu’ e ‘desejar os desejos do ego’. Essa diferença precisa ser compreendida para que saibamos sintonizar nossas antenas corretamente. Se desejarmos somente o prazer e a satisfação imediata do ego, não obteremos nada de útil para nossa evolução. Podemos estar sentados sobre montanhas de dinheiro e não sermos felizes! Por outro lado, é claro que não prego aqui o ascetismo em nome de alguma evolução espiritual, por mais que ela seja desejada.

Meu desejo é ajudá-los a sintonizar a energia certa. Desejar a riqueza é diferente de desejar a prosperidade! Desejar ter uma vida prospera tranqüila e confortável, sem preocupações financeiras, é diferente de desejar esbanjar dinheiro a rodo comprando grifes caras, carros importados, etc.etc. Da mesma forma, desejar ter um parceiro que nos ame é diferente de desejar o ‘príncipe encantado’. Muitas vezes nossos desejos são utópicos, difíceis de serem realizados, estão ‘fora de sintonia’.

Se não estamos em sintonia com a energia da Mente do Todo, que sabe melhor do que nós qual nossa necessidade naquele momento de nossa evolução, poderemos cometer erros. Se tivermos pouca confiança na Mente Criadora Superior, e nos desesperamos nos debatendo contra o ‘fluxo’ energético daquele momento astral, nos perderemos no espaço! As previsões astrológicas feitas por um bom profissional podem nos indicar com qual energia devemos nos sintonizar naquele determinado período, assim como podem fazê-lo os profissionais de outras ciências divinatórias como as runas, o tarô, o I Ching, ou outros oráculos. Eles estão em sintonia com o campo astral e nos indicam qual é a conexão ideal do momento.

O importante mesmo é saber se o que estamos desejando é mesmo necessário pra nossa evolução e ainda se nós merecemos de fato aquilo que queremos. Os cabalistas ensinam esta ‘arte mágica’ de criar usando os ensinamentos da Cabala Astrológica, que está sempre conectada com as Leis Universais em sincronicidade com o campo astral do momento atual. Outros profissionais nos auxiliam a criar magníficas imagens mágicas que podem ajudar-nos em nossa tarefa de materializar nossos desejos.

Todos os terapeutas são unânimes em aconselhar pensamentos positivos, mas muitas vezes nos é difícil fazê-lo, justamente por que naquele momento pode existir um bloqueio da Mente Universal a qual sabe que aquilo não nos fará bem e que não passa de um capricho nosso não de uma necessidade. Então, devemos começar a controlar as imagens mentais que criamos, especialmente avaliando se não somos egoístas e ambiciosos demais. Temos que controlar aquela ‘vozinha’ do ego que nos insufla desejos irrealizáveis. Portanto, devemos bloquear a voz do ego para ouvir a Voz Interior. Vamos projetar em nossa mente imagens de paz, harmonia, amor, abundância, prosperidade, felicidade, alegria.

Imagens concretas, reais, como o são as imagens de um filme, para que nosso cérebro possa armazená-las em nosso arquivo mental e reproduzi-las materializando-as no mundo físico. Isso é possível, mas é muito, muito difícil superar o condicionamento criado por nossos medos e bloqueios psicológicos. A Bíblia nos ensina que Deus levou sete dias para criar o mundo, e nós sabemos que essa é uma metáfora. No entanto, se nos dermos ao luxo de ‘perder’ 21 dias de nossa vida para criar uma imagem mental que se fixe em nossa mente e crie o ‘mundo’ que desejamos para nós, veremos os resultados na vida prática! Experimentem mas baseados na humildade, no amor e no respeito ao Todo. A repetição dos exercícios das imagens mentais durante 21 dias é necessária exatamente por causa disso. A Cabala tem 22 caminhos que percorrem as 10 Sefiroth desde seu início até o final. Os 21 dias (mais um de repouso mental) durante os quais repetimos a visualização da imagem, nos ajudam a perseverar em nossa intenção de criação. Os percalços, condicionamentos e dificuldades nos fazem ‘perder o caminho’ e então não conseguimos alcançar nossa meta. Num dia desejamos uma coisa, no outro desejamos outra. Hoje uma casa nova, amanhã um carro, depois de amanhã um novo amor, e assim desperdiçamos nossas chances de realização interior. Temos que seguir nosso caminho, aceitar a missão a nós imposta e sermos obedientes ao Criador da vida. Shalon a todos e amor no coração.

Carlinhos Lima – Astrólogo, Tarólogo e Pesquisador.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (179) magia (81) signos (81) espiritualidade (60) Astrofísica (57) conceito (57) comportamento (55) espaço (54) (54) umbanda-astrologica (50) tarô (47) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) religião (26) astrofisica (25) horoscopo chinês (25) planetas (24) horoscopo (23) ciência (22) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) lua (19) terra (19) arcanos (18) astronomia (18) destino (17) energias (17) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) zodiaco (14) estrela (13) exu (13) mapa astral (13) planeta (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) poder (12) 2012 (11) ogum (11) sensual (11) Sol (10) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) fotos (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Estrelas (9) Foto (9) dragão (9) estudos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) cientistas (8) escorpião (8) ex-BBB (8) galáxia (8) mistério (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) astros (7) beleza (7) busca (7) energia (7) magia sexual (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) sexualidade (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)