Total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Astrofísica: Astrônomos descobrem planeta quase tão quente quanto o Sol

Ilustração do planeta Kelt-9b, que fica a 650 anos-luz de distância (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros) na constelação de Cygnus, e sua estrela. (NASA/JPL-Caltech/R. Hurt (IPAC)/Divulgação)


Planeta Kelt-9b, fora do sistema solar, tem temperaturas de 4.327°C. Superfície é tão quente que moléculas se desintegrariam e a atmosfera evaporaria


Astrônomos identificaram um planeta gigante gasoso fora do sistema solar tão quente que sobre ele moléculas se desintegrariam e a atmosfera seria evaporada. Kelt-9b, que fica a 650 anos-luz de distância (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros) de nós, na constelação de Cygnus, tem temperaturas podem chegar a 4.327°C – apenas cerca de 1.000°C a menos que o Sol. De acordo com o estudo que descreve os detalhes da descoberta, publicado nesta segunda-feira na revista científica Nature, este é o exoplaneta (nome dado aos planetas que não orbitam o Sol) mais quente já encontrado pelos astrônomos. Os cientistas esperam que o achado forneça indícios que ajudem na compreensão sobre a evolução de planetas que orbitam grandes estrelas, algo que foi visto poucas vezes pelos telescópios atuais.

“A estrela de Kelt-9b propaga tanta radiação ultravioleta que pode fazer o planeta ser completamente evaporado. Ou, se gigantes gasosos como ele tiverem núcleos sólidos como algumas teorias sugerem, o planeta pode ser fervido até virar uma rocha estéril, como Mercúrio”, afirmou o astrofísico Keivan Stassun, da Universidade Vanderblit, nos Estados Unidos, um dos autores do estudo.

Planeta mais quente já descoberto De acordo com os astrônomos, Kelt-9b é tão quente porque orbita a estrela Kelt-9, que é duas vezes maior e quase duas vezes mais quente que o Sol – as temperaturas na estrela podem chegar a quase 10.000 °C. Além disso, o gigante gasoso, que tem 2,8 vezes a massa de Júpiter, gira em torno de Kelt-9 sempre com a mesma face virada para sua estrela (como a Lua em torno da Terra), o que faz com que seja constantemente bombardeado por radiação – os cientistas acreditam que o planeta exiba um tipo de “cauda gasosa brilhante”, semelhante a dos cometas, produzida pela constante queima de gás. “É um planeta segundo as definições típicas baseadas em massa, mas sua atmosfera é diferente de qualquer outro planeta que já vimos até agora devido a sua temperatura durante o dia”, explicou Scott Gaudi, professor de astronomia da Universidade Estadual de Ohio e coautor do estudo. Segundo as previsões dos astrônomos, o planeta está tão próximo de sua estrela que, quando ela começar a se expandir, em torno de um bilhão de anos, transformando-se em uma gigante vermelha, ele deve evaporar. Por essa razão, esse planeta tão quente pode ajudar a compreender como se formam sistemas planetários ao redor de estrelas grandes e massivas. “Como procuramos ter um panorama completo sobre a variedade de planetas do universo, é importante conhecer não apenas como eles se formam e evoluem, mas também quando e sob quais condições são destruídos”, afirmou o pesquisador. O novo planeta foi encontrado com informações dos telescópios Kelt (sigla em inglês para Kilidegree Extremely Little Telescopes), operados pela Universidade Estadual de Ohio, Universidade Vanderbilt e Universidade Lehigh, nos Estados Unidos. Os astrônomos esperam agora encontrar mais detalhes sobre o planeta utilizando dados de outros telescópios, como o Hubble e o James Webb, que deve ser lançado em 2018. Os cientistas pretendem responder questões como se o planeta exibe realmente uma cauda e por quanto tempo poderá resistir a temperaturas tão elevadas.

Astrofísica: Nasa quer construir sondas autônomas com inteligência artificial



O objetivo é que as espaçonaves possam operar sem instruções da Terra e aprendam conforme vão descobrindo novas informações sobre o objeto de estudo


Adicionar inteligência artificial a sondas para enviá-las ao espaço parece uma ideia excelente para a Nasa – e, segundo a agência espacial americana, seus pesquisadores já estão focados em descobrir como tornar isso realidade. Em um artigo publicado na última semana na revista Science Robotics, os cientistas Steve Chien e Kiri Wagstaff, ambos do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, nos Estados Unidos, discutem os benefícios que a tecnologia poderia trazer para as explorações espaciais. Segundo os autores, se a aplicação da inteligência artificial fosse bem-sucedida, as máquinas poderiam operar sem precisar esperar as instruções de humanos aqui na Terra. Isso, além de economizar tempo, é importante quando enviamos sondas para as partes mais desconhecidas e misteriosas do sistema solar, onde o sinal pode não funcionar tão bem quanto o esperado. Além disso, os cientistas também esperam que as espaçonaves possam aprender conforme vão fazendo novas descobertas, adaptando-se aos diferentes cenários e aprimorando seus conhecimentos além dos mais tecnológicos telescópios disponíveis hoje em dia.

“Ao tomar suas próprias decisões de exploração, espaçonaves robóticas podem conduzir as investigações científicas tradicionais de maneira mais eficiente e até alcançar observações que seriam impossíveis de outra forma”, escrevem os autores. Um exemplo que eles dão é que a inteligência artificial pode diferenciar uma tempestade das condições climáticas normais de um planeta distante – o que faria as medições muito mais úteis para os cientistas aqui na Terra. Assim como algumas aplicações da inteligência artificial já conseguem, por exemplo, reconhecer rostos em uma foto, uma sonda viajante com essa tecnologia poderia distinguir gelo de neve, ou água corrente de água parada, possibilitando importantes descobertas em planetas distantes e, inclusive, ajudando na busca por uma possível vida fora da Terra. Os autores do artigo sugerem que as sondas com inteligência artificial poderiam alcançar distâncias superiores a 4,24 anos-luz do nosso planeta (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros), além do sistema estrelar Alpha Centauri. A essa distância, dizem os cientistas, a comunicação só seria recebida pela geração seguinte à dos pesquisadores que lançaram a nave. Por isso, fornecer à máquina uma “mente própria”, ou os instrumentos necessários para tomar decisões rápidas, facilitaria o processo. O robô Mars Curiosity, que explora os terrenos de Marte, é um exemplo de inteligência artificial que já está sendo aplicada na investigação espacial, ainda que em proporções menores do que a nova proposta dos cientistas. A sonda possui um software de bordo que ajuda a escolher alvos promissores para serem analisados pela ChemCam, um dispositivo que estuda rochas e outros elementos geológicos do planeta vermelho.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Astrofísica: Planeta ‘Dez’? Novo astro pode estar nos limites do sistema solar

Órbita do “planeta 10” (Heather Roper/LPL/Divulgação)

Segundo os cálculos do estudo, objeto celeste teria a massa entre a de Marte e a da Terra


O sistema solar pode ter mais um planeta, além do já conhecido candidato à Planeta Nove, afirmam duas astrofísicas do Laboratório Planetário e Lunar Universidade do Arizona, nos Estados Unidos. Kat Volk e Renu Malhotra identificaram um grande desiquilíbrio nas órbitas de objetos celestes do Cinturão de Kuiper, localizados após a órbita de Netuno (o planeta mais distante do Sol). Segundo os cálculos das cientistas, apenas um objeto planetário com a massa entre a de Marte e a da Terra poderia causar a anomalia. Uma versão preliminar do estudo que descreve a proposta está disponível no site da universidade, e deve ser publicado em breve na revista científica The Astronomical Journal. De acordo com a dupla, o novo planeta seria mais um, além do provável Planeta Nove.

Planeta Dez - As pesquisadoras encontraram evidências de um décimo planeta quando estudavam mais de 600 objetos no Cinturão de Kuiper, uma região nos limites do sistema solar. A maioria desses corpos celestes, chamados KBOs (sigla em inglês para Kuiper Belt Object), tem um plano de órbita que se assemelha ao dos oito planetas do sistema solar. No entanto, Kat e Renu constataram que alguns deles tinham uma inclinação orbital estranha, com uma diferença de oito graus do esperado. “A explicação mais provável para o que encontramos é que existe uma massa nunca observada na região. De acordo com nossos cálculos, seria necessário algo tão massivo como Marte para causar a deformidade que medimos”, disse Kat Volk, em um comunicado da Universidade do Arizona. Segundo as astrofísicas, os planos orbitais desses KBOs seriam como piões sobre uma mesa que tiveram suas inclinações levemente alteradas. “Imagine que você tem muitos piões girando rápido e dá a cada um deles um ligeiro empurrão”, afirma Renu. Os piões ficariam um pouco tombados, sem parar de rodar, mas estariam todos apontando para o mesmo plano. “Acreditamos que cada ângulo de inclinação orbital dos KBOs esteja em uma orientação diferente, mas no geral, eles estariam apontando perpendicularmente ao plano determinado pelo Sol e pelos grandes planetas”, completa.

O suposto Planeta “Dez” estaria a 60 UA (unidades astronômicas) do Sol – cada unidade astronômica equivale a aproximadamente 150 milhões de quilômetros –, ou cerca de 9 bilhões de quilômetros de distância, e poderia influenciar a órbita de objetos em um raio de até 10 UA, ou 1,5 bilhões de quilômetros ao redor. Como o Planeta Nove estaria bem mais afastado, entre 32 bilhões a 160 bilhões de quilômetros de distância da Terra, ele não poderia ser o responsável pelas alterações nos KBOs daquela região. As autoras afirmam que o que causa essas distorções pode ser um corpo planetário — um planeta, por definição, não pode ter corpos menores como os KBOs em sua órbita, como ocorre neste caso. A proposta sugere, ainda, que pode existir mais de um desses corpos por trás das estranhas inclinações.

Planeta misterioso - De acordo com alguns cientistas, a hipótese ainda precisa ser melhor embasada. Para o astrônomo Konstantin Batygin do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech, em inglês), que participou do estudo que propôs a existência do Planeta Nove, ainda é muito cedo para se afirmar a existência de um décimo planeta. “É plausível que um corpo como Marte exista nessa região, mas o fato dele ainda não ter sido observado é um problema”, disse ao Gizmodo. Para Batygin, pesquisas observacionais como Catalina, e Pan-STARSS, que têm a participação da Nasa, já deveriam ter sido capazes de identificar um objeto como este no Cinturão de Kuiper. Para as astrofísicas, uma possível explicação para este objeto não ter sido encontrado até hoje é que o céu ainda não foi completamente vasculhado em busca de objetos nas fronteiras do sistema solar. Além disso, ele pode ser ofuscado pelo brilho de galáxias distantes, que não permitem que seja visto pelos instrumentos astronômicos atuais. A esperança das cientistas em visualizar e comprovar a existência do suposto corpo planetário está no Large Synoptic Survey Telescope (LSST), um telescópio de 8,4 metros que está sendo construído no Chile e, em cinco anos, será capaz de mapear todo o céu visível. “Esperamos que o LSST eleve o número de KBOs dos atuais 2.000 para 40.000. Existem muito mais KBOs, só não os vimos ainda. Alguns deles estão muito distantes e ofuscadas até para o LSST visualizar, mas como esse novo telescópio vai cobrir o céu de de forma mais abrangente que as atuais pesquisas, ele deve detectar esse objeto, se ele existir.”, afirmou Renu.

Ilustração do possível Planeta Dez (Heather Roper/LPL/Divulgação)

Astrofísica: Meteorito raro de 4,5 bilhões de anos é encontrado na Holanda

O fragmento é o sexto meteorito encontrado na Holanda (Koen van Weel/ANP/AFP)

Pesquisadores afirmam que a rocha, descoberta por moradores após ter atravessado o teto de um alpendre, veio de uma região situada entre Marte e Júpiter


Cientistas holandeses anunciaram a descoberta de um meteorito com 4,5 bilhões de anos nesta segunda-feira. Segundo eles, o fragmento rochoso poderia conter indícios preciosos relativos à criação do sistema solar, já que a Terra tem, aproximadamente, a mesma idade do meteorito. “Ele provavelmente veio de um pequeno planetoide que foi atingido por outro planetoide, explodiu e os fragmentos vieram parar na Terra”, declarou o geólogo Leo Kriegsman, do Centro de Biodiversidade Naturalis de Leiden, em um vídeo publicado no Youtube. O pesquisador estimou que o meteorito provém da região que se estende entre Marte e Júpiter, onde há um grande cinturão de asteroides, com “muitas rochas e pequenos planetas”, que às vezes saem das suas órbitas.

Com o tamanho de um punho fechado e cerca de 500 gramas, o meteorito atravessou com grande velocidade (até 20 quilômetros por segundo) o teto de um alpendre na pequena cidade de Broek, ao Norte de Amsterdã, a capital holandesa, em janeiro. “Mas, antes de atingir a atmosfera da Terra, [o meteorito] provavelmente era 10 ou 20 vezes maior do que agora”, afirmou Kriegsman. Segundo o cientista, foi necessário realizar muitos testes com a rocha, antes que o Centro de Biodiversidade de Leiden revelasse que se trata, realmente, de um meteorito. “Queremos estar 100% seguros da ‘espécie’ do meteorito, e por isso primeiro devemos realizar pesquisas”, explicou.


Queda de meteoritos Os pesquisadores realizaram buscas intensas, mas não foram encontrados outros fragmentos deste meteorito, descoberto por moradores do local. Segundo o líder da equipe, a cada quatro anos, pelo menos um meteorito cai no país. Ainda assim, as pequenas rochas são muito difíceis de encontrar e apenas seis delas, contando com a mais recente, foram descobertas na Holanda nos últimos 200 anos. Assista ao vídeo de divulgação feito pelo centro de pesquisa em Leiden (em inglês):



(Com AFP)

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Astrofísica: Planeta Júpiter agora tem 69 luas

  planeta Júpiter e uma de suas luas.
Imagem mostrando o planeta Júpiter e uma de suas luas. (Nasa/Divulgação)

Astrônomos descobriram dois novos satélites com um a dois quilômetros de diâmetro orbitando o maior planeta do sistema solar



Júpiter ganhou duas novas luas, aumentando o número de satélites do maior planeta do sistema solar para 69. A descoberta foi anunciada por meio de dois comunicados do Minor Planet Center, instituição ligada à União Astronômica Internacional, nos Estados Unidos, na última semana. De acordo com os astrônomos responsáveis pela descoberta, eles estavam buscando corpos celestes distantes, em busca do Planeta Nove, quando perceberam os dois novos satélites de Júpiter.

Movimento da nova lua de Júpiter S/2016 J1. (Divulgação/Divulgação)


“Júpiter estava na área que observamos entre Março de 2016 e 2017. Durante essas observações encontramos a maior parte das luas conhecidas de Júpiter e também algumas desconhecidas ou perdidas”, afirmou o astrônomo Scott Sheppard, do Instituto Carnegie, nos Estados Unidos, em comunicado. De acordo com o astrônomo, Júpiter tem alguns satélites “perdidos”, que foram descobertos em 2003. Essas luas têm órbitas relativamente desconhecidas e, por isso, não é possível prever onde se encontram – razão por que são consideradas perdidas. No início de 2016, havia quatorze satélites nessa condição e, durante as observações, cinco deles foram “resgatados”. Dois corpos vistos, contudo, não se enquadravam nessas condições. Sheppard, em conjunto com David Tholen , da Universidade do Havaí, e Chadwick Trujillo, da Universidade do Norte do Arizona, monitoraram os corpos durante um ano por meio de informações de telescópios localizados no Chile e, há poucas semanas, confirmaram que se tratavam de duas novas luas de Júpiter.

Movimento da nova lua de Júpiter S 2017 J1 (Divulgação/Divulgação)


Os satélites, chamados S/2016 J1 e S/2017 J1, têm entre 1 e 2 quilômetros de diâmetro (muito pequenas, em termos cósmicos) e possuem órbitas elípticas e inclinadas que se estendem por até 30 milhões de quilômetros de Júpiter. A imensa distância das luas até o planeta sugere que os satélites foram formados nos pontos mais longínquos do sistema solar e, só depois, foram capturadas pela gravidade de Júpiter. De acordo com os pesquisadores, os novos satélites ajudam a desvendar as fronteiras do sistema solar – possivelmente, outras luas devem ser descobertas até 2018, quando mais observações confirmarem se são satélites novos ou perdidos.

Astrofísica: Nasa descobre 219 novos planetas – 10 podem ser como a Terra

Telescópio espacial Kepler identificou 219 possíveis exoplanetas (JPL-Caltech/Nasa)

Os dados são do telescópio Kepler, que busca candidatos a planetas fora do sistema solar. Dez desses possíveis planetas têm tamanho parecido com o da Terra


O telescópio espacial Kepler identificou 219 novos candidatos a planeta fora do sistema solar. Segundo o catálogo divulgado pela Nasa nesta segunda-feira, dez deles têm o tamanho parecido com o da Terra e orbitam a zona habitável de suas estrelas, ou seja, a uma distância tal que permite a existência de água líquida, condição essencial para o surgimento de vida. Segundo a agência espacial americana, os novos dados são fundamentais para encontrar e determinar quantas “Terras” teríamos em nossa galáxia e assim, ajudar na busca de condições favoráveis para a vida extraterrestre.

Este é o oitavo catálogo de candidatos a exoplanetas (nome dado aos planetas que orbitam estrelas diferentes do Sol), identificados por Kepler e divulgado pela Nasa desde o início da missão. Ele foi feito a partir de dados coletados durante os quatro primeiros anos de atividade do telescópio, de 2009 a 2013. Neste período, o equipamento captou informações da região da constelação do Cisne, no hemisfério celestial norte. Segundo os astrônomos da agência espacial americana, o novo catálogo de exoplanetas é o mais “compreensível e detalhado” já feito. Com estas novas informações, são 4.034 possíveis planetas já identificados pelo Kepler, o mais potente “caçador” de exoplanetas criado pelos astrônomos. Desses, 2.335 foram verificados como exoplanetas de fato. Dos cerca de 50 candidatos a planetas parecidos com a Terra, mais de 30 foram confirmados com o auxílio de outros equipamentos de observação.

Kepler - Para encontrar os planetas, o telescópio espacial volta suas lentes para as estrelas da Via Láctea, buscando por um fenômeno chamado trânsito. Como os próprios planetas não possuem brilho, cada vez que o instrumento capta uma diminuição da luminosidade da estrela, significa que algum objeto está passando na frente dela. Assim, ao captar uma sombra na luz da estrela, Kepler identifica um possível planeta. Estudos feitos com dados de Kepler indicam duas populações bem distintas de planetas localizados fora do sistema solar, uma de astros rochosos com o tamanho da Terra e outra de gasosos menores que Netuno (Netuno tem quatro vezes o diâmetro da Terra e 17 vezes mais massa). Além disso, aproximadamente metade dos planetas identificados ou não tem superfície ou ela está sob uma atmosfera muito densa, o que tornaria improvável a presença de vida. “O conjunto de dados obtidos por Kepler é único, pois só ele traz uma população de planetas análogos à Terra — planetas com aproximadamente o mesmo tamanho e órbita da Terra. Compreender a frequência desses astros na galáxia irá ajudar a orientar futuras missões da Nasa para encontrar diretamente outra Terra”, disse o astrofísico da Nasa, Mario Perez, em comunicado. (Fonte:Veja)

terça-feira, 13 de junho de 2017

Astrofísica: A estrela gigante que desapareceu

Imagens do telescópio Hubble que mostram a luminosidade emitida pela estrela, em 2007, e seu "desaparecimento", em 2015. (Hubble/Nasa)

Ao contrário do esperado, a estrela não explodiu em supernova antes de virar buraco negro. Fenômeno pode ajudar a decifrar origens de grandes buracos negros


Pela primeira vez, cientistas testemunharam uma estrela gigante que, ao contrário do previsto, não explodiu em uma luminosa supernova antes de se tornar um buraco negro. O colapso da estrela, com massa de 25 vezes a do Sol e localizada a 22 milhões de anos-luz de distância (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros), aconteceu “silenciosamente” e pode ajudar a explicar por que há no universo há um número menor de supernovas vindas de estrelas massivas do que o previsto. Além disso, o fenômeno também deve fornecer dados para que os astrônomos compreendam como se dá a formação de buracos negros massivos (com cerca de 30 massas solares), como os detectados pelo Observatório Interferométrico de Ondas Gravitacionais (LIGO).

“Não é óbvio que uma estrela massiva se torne uma supernova – processo que envolve a eliminação da maior parte de suas camadas exteriores – e ainda tenha massa suficiente sobrando para formar um buraco negro massivo na escala daqueles que são detectados pelo LIGO”, afirmou Krzysztof Stanek, professor de astronomia da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, e um dos autores do estudo sobre a estrela, publicado no periódico Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. “Suspeito que é mais fácil que um buraco negro muito massivo surja sem a existência de supernovas.”

O desaparecimento da estrela - A equipe de astrônomos da Universidade Estadual de Ohio estava monitorando um conjunto de galáxias, entre elas a NGC 6946, chamada “Galáxia dos Fogos de Artifício” por exibir uma alta taxa de supernovas (nome dado à explosão de estrelas com dez vezes ou mais a massa do Sol, relativamente rara em uma galáxia). O objetivo das observações era descobrir por que razão há menos detecções de supernovas com origem em estrelas massivas que o previsto.

Ilustração do desaparecimento da estrela N6946-BH1, virando um buraco negro (Ilustração/Nasa)


Em 2009, a estrela N6946-BH1, na “Galáxia dos Fogos de Artifício”, começou a demonstrar uma luminosidade fraca e, em 2015, parecia ter desaparecido. Os pesquisadores, que estavam usando os dados do Large Binocular Telescope (LBT), operado por uma colaboração internacional de cientistas, buscaram a confirmação em informações captadas pelos telescópios Hubble e Spitzer, da Nasa, para tentar descobrir se a estrela tinha realmente desaparecido ou apenas estava com luminosidade quase imperceptível. Não detectaram qualquer traço da estrela, o que indica que ela se tornou um buraco negro. “Essa estrela é a única que, possivelmente, fracassou em se tornar uma supernova em sete anos de monitoramento. Durante esse período, observamos o surgimento de seis supernovas, o que sugere que 10% a 30% das estrelas massivas desaparecem sem se tornarem supernovas”, explicou Scott Adams, um dos autores do estudo. Os astrônomos pretendem continuar as observações para recolher mais dados, para verificar se o fenômeno é relativamente comum no universo.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Umbanda Astrológica e magia dos orixás, ganhando o mundo!



 A magia da Umbanda Astrológica pelo mundo



Olá, queridos irmãos de fé! Estou muito feliz, pois mesmo com o vertiginoso crescimento dos evangélicos, os pesados ataques dos cristãos da moda ao espiritualismo e a astrologia, como também a toda forma de esoterismo, a Umbanda Astrológica, só cresce e expande novos e novos adeptos ou interessados em estudá-la. Fico muito feliz, pelos diversos emails de incentivo que recebo, os inúmeros mapas que são encomendados (chega a faltar-me tempo), de todo Brasil e até de outros lugares do mundo. Fico muito feliz também, por meus dois livros já estarem na segunda edição e vendendo bastante. Magia astrológica, sexual e dos orixás, nunca esteve em tamanha evidência como agora. Até porque, ela pode ser mesclada a magia enocheana, magia africana, magia ancestral e assim por diante.

video

Com o abandono da Umbanda Esotérica por boa parte de seus divulgadores, a Umbanda Astrológica, vem sendo uma opção de muitas pessoas que se sentiram órfãs do conhecimento do Velho Matta e Silva. Rivas Netto o discípulo mais famoso de Matta e Silva, tomou novos rumos, fez suas releituras - alguns bons avanços ele alcançou, mas, alguns equívocos, também... enfim, isso é da vida e missão de cada um, pois o mago vive de escolhas. De qualquer modo, ele é um dos maiores umbandistas ou sacerdotes de nosso tempo e merece todo nosso respeito. 
Falta-me recursos, pra escrever mais como gostaria, editar novos livros e assim por diante, mas, vou fazendo o que posso, aqui nesse fim de mundo, pois tudo tem seu tempo e necessidade. No momento, quero apenas agradecer a todos pela surpreendente venda dos livros de Umbanda Astrológica e Clavículas das magias do Rei Salomão - grande sucesso! Em especial, ao brilhante Marcelo Aquaroli, pela oportunidade, empenho e generosidade e toda sua equipe fantástica! Que os anjos os iluminem sempre...
E a Umbanda Astrológica, já bem difundida no Brasil, com muitos livros vendidos, milhares de acessos nos blogues que escrevo, também pode ser adquirida por meio da Amazon, no mundo inteiro - isso me deixa muito feliz! Você caro leitor, fora do Brasil, poderá adquirir meus livros de magia astrológica, em dólar ou Euro, na Itália, Alemanha, França, Inglaterra, Canadá, Portugal, México, Espanha, Argentina, Cuba, EUA e muito mais... compre já seu exemplar! Estou trabalhando pra suprir as informações complementares desse primeiro livro, que na verdade, é apenas um ensaio, pra mais e mais conteúdo, os quais espero poder lançar sequencias em breve. Complementar informações, trazer novidades, explicar "pontos cegos" e aprofundar mais conteúdo aos leitores, ansiosos por informação. Axé a todos (Carlinhos Lima)
Compre na Itália: Peça seu livro aqui...
Compre na França: Peça seu livro aqui... 
Compre na Alemanha: Peça seu livro aqui... 

Compre EUA, Canadá, Inglaterra: Peça o seu aqui...

Compre Espanha, México, Cuba, Argentina, Portugal: Peça o seu aqui...

Compre no Brasil ou Portugal: Peça o seu aqui...

Bonjour, cher croyants! Je suis très heureux, parce que même avec la croissance rapide des évangéliques, des attaques lourdes de la mode spiritualisme chrétien et l'astrologie, ainsi que toutes les formes de l'ésotérisme, Umbanda astrologiques, ne pousse que et développe de nouveaux et de nouveaux fans ou intéressés à l'étude -la. Je suis très heureux, les différents courriels que je reçois des encouragements, les nombreuses cartes qui sont commandés (biefs me manquent de temps), de tout le Brésil et même d'autres régions du monde. Je suis très heureux aussi pour mes deux livres sont déjà à sa deuxième édition et la vente assez. l'astrologie magique, et divinités sexuelles, n'a jamais été dans une telle preuve que maintenant. Après tout, il peut être mélangé avec la magie de enocheana, magie africaine, ancienne magie et ainsi de suite.Avec l'abandon du Esoteric Umbanda pour une grande partie de ses promoteurs, Umbanda astrologiques, il a été une option pour beaucoup de gens qui se sentaient orphelins connaissance de l'Ancien Matta e Silva. disciple le plus célèbre de Matta e Silva Rivas Netto, a pris de nouvelles directions, a fait ses lectures - quelques progrès qu'il a accompli, mais quelques erreurs aussi ... eh bien, c'est la vie et la mission de chacun, parce que la vie de magicien choix. Quoi qu'il en soit, il est l'un des plus grands Umbanda ou prêtres de notre époque et mérite tout notre respect.Je manque de ressources pour écrire plus que vous le souhaitez, éditer de nouveaux livres et ainsi de suite, mais je vais faire ce que je peux, ici, à cette fin du monde, parce que tout a son temps et le besoin. En ce moment, je veux juste remercier tout le monde pour la vente incroyable de Umbanda livres astrologiques et clavicules des sorts roi Salomon - un grand succès! En particulier, le brillant Marcelo Aquaroli pour l'occasion, l'engagement et la générosité et votre personnel fantastique! Les anges éclairent toujours ...Et astrologiques Umbanda, déjà bien connu au Brésil, avec beaucoup de livres vendus, des milliers de visites sur les blogs que j'écris, peuvent également être achetés par Amazon, dans le monde entier - qui me rend très heureux! Vous, chers lecteurs, en dehors du Brésil, vous pouvez acheter ma magie astrologique de livres en dollars américains ou en euros, l'Italie, l'Allemagne, la France, la Grande-Bretagne, le Canada, le Portugal, le Mexique, l'Espagne, l'Argentine, Cuba, États-Unis et plus ... Acheter avoir votre copie! Je travaille à fournir les informations supplémentaires de ce premier livre, qui est en fait juste un test, de plus en plus de contenu que j'espère sortir bientôt des suites. Informations complémentaires, apporte des nouvelles, expliquant « angles morts » et de développer plus de contenu aux lecteurs, avides d'information.Acheter en Italie: Demandez à votre livre ici ...
Acheter en France: Demandez à votre livre ici ...Acheter en Allemagne: Commandez votre livre ici ...
Acheter USA, Canada, Angleterre: Demandez à votre ici ...Acheter l'Espagne, le Mexique, Cuba, Argentine, Portugal: Demandez à votre ici ...Acheter au Brésil ou au Portugal: Demandez à votre ici ...



Hello, dear brothers of faith! I am very happy because even with the rapid growth of evangelicals, the heavy attacks of fashionable Christians on spiritualism and astrology, as well as on all forms of esotericism, Astrological Umbanda, only grows and expands new and new adherents or interested in studying -over there. I am very happy, because of the various incentive emails I receive, the numerous maps that are ordered (I am missing time), from all over Brazil and even from other places in the world. I'm very happy too, because my two books are already in the second edition and selling a lot. Astrological, sexual and orixás magic, has never been in as much evidence as now. Even because, it can be mixed magic at night, African magic, ancestral magic and so on.
With the abandonment of Esoteric Umbanda by many of its promoters, Umbanda Astrological, has been an option of many people who felt orphaned by the knowledge of Old Matta and Silva. Rivas Netto, the most famous disciple of Matta e Silva, took new directions, made his re-readings - some good advances he achieved, but, some misconceptions, also ... this is ultimately the life and mission of each one, since the magician lives Of choices. In any case, he is one of the greatest Umbandists or priests of our time and deserves our respect.
I lack resources, to write more as I like, to edit new books and so on, but, I'm doing what I can, here at the end of the world, because everything has its time and need. For now, I just want to thank everyone for the amazing sale of the Astrological Umbanda and Clavicle books from King Solomon's spells - great success! In particular, the brilliant Marcelo Aquaroli, for the opportunity, commitment and generosity and all his fantastic team! May the angels always enlighten them ...
And Umbanda Astrological, already well-known in Brazil, with many books sold, thousands of hits in the blogs I write, can also be acquired through Amazon, worldwide - that makes me very happy! You, dear reader, can buy my books of astrological magic, in dollars or euros, in Italy, Germany, France, England, Canada, Portugal, Mexico, Spain, Argentina, Cuba, USA and many more ... buy Already your copy! I am working to supply the supplementary information of this first book, which is really just an essay, for more and more content, which I hope will be able to launch sequences soon. Complement information, bring news, explain "blind spots" and deepen more content for readers, eager for information.
Buy in Italy: Order your book here ...
Buy in France: Order your book here ...Buy in Germany: Order your book here ...

Buy USA, Canada, England: Order your here ...Buy Spain, Mexico, Cuba, Argentina, Portugal: Order your here ...
Buy in Brazil or Portugal: Ask for yours here ...


¡Hola, queridos hermanos de fe! Estoy muy contento, porque incluso con el vertiginoso crecimiento de los evangélicos, los pesados ​​ataques de los cristianos de la moda al espiritualismo y la astrología, así como a toda forma de esoterismo, la Umbanda Astrológica, sólo crece y expande nuevos y nuevos adeptos o interesados ​​en estudiar -la. Me siento muy feliz, por los diversos correos electrónicos de incentivo que recibo, los innumerables mapas que se encargan (llega a faltarme tiempo), de todo Brasil y hasta de otros lugares del mundo. Me siento muy feliz también, por mis dos libros ya estar en la segunda edición y vendiendo bastante. La magia astrológica, sexual y de los orixás, nunca estuvo en tanta evidencia como ahora. Hasta porque, ella puede ser mezclada la magia enuca, magia africana, magia ancestral y así sucesivamente.
Con el abandono de la Umbanda Esotérica por buena parte de sus divulgadores, la Umbanda Astrológica, viene siendo una opción de muchas personas que se sintieron huérfanas del conocimiento del Viejo Matta e Silva. Rivas Netto el discípulo más famoso de Matta e Silva, tomó nuevos rumbos, hizo sus relecturas - algunos buenos avances él alcanzó, pero, algunos equívocos, también ... en fin, eso es de la vida y misión de cada uno, pues el mago vive De opciones. De todos modos, él es uno de los mayores umbandistas o sacerdotes de nuestro tiempo y merece todo nuestro respeto.
Me falta recursos, para escribir más como quisiera, editar nuevos libros y así sucesivamente, pero, voy haciendo lo que puedo, aquí en ese fin de mundo, pues todo tiene su tiempo y necesidad. En el momento, sólo quiero agradecer a todos por la sorprendente venta de los libros de Umbanda Astrológica y Clavículas de los hechizos del Rey Salomón - gran éxito! En especial, al brillante Marcelo Aquaroli, por la oportunidad, empeño y generosidad y todo su equipo fantástico! Que los ángeles los iluminen siempre ...
Y la Umbanda Astrológica, ya bien difundida en Brasil, con muchos libros vendidos, miles de accesos en los blogs que escribo, también puede ser adquirida por medio de Amazon, en todo el mundo - eso me deja muy feliz! Usted querido lector, fuera de Brasil, podrá adquirir mis libros de magia astrológica, en dólar o Euro, en Italia, Alemania, Francia, Inglaterra, Canadá, Portugal, México, España, Argentina, Cuba, EE.UU. y mucho más ... compre Ya su ejemplar! Estoy trabajando para suplir la información complementaria de este primer libro, que en realidad, es sólo un ensayo, para más y más contenido, que espero poder lanzar secuencias en breve. Complementar informaciones, traer novedades, explicar "puntos ciegos" y profundizar más contenido a los lectores, ansiosos por información.
Comprar en Italia: Pida su libro aquí ...
Comprar en Francia: Pida su libro aquí ...
Comprar en Alemania: Pida su libro aquí ...
Estados Unidos, Canadá, Inglaterra: Pida su aquí ...
Compra España, México, Cuba, Argentina, Portugal: Pieza tu aquí ...
Comprar en Brasil o Portugal: Pida su aquí ...
 livro


Ciao, caro compagni di fede! Sono molto felice, perché anche con la rapida crescita di evangelici, attacchi pesanti della moda spiritualismo cristiano e l'astrologia, così come tutte le forme di esoterismo, Umbanda astrologica, solo cresce e si espande nuovi e nuovi fan o interessati a studio -la. Sono molto felice, le varie email che ricevo incoraggiamenti, le molte mappe che sono ordinate (raggiunge mi manca il tempo), provenienti da tutto il Brasile e anche in altre parti del mondo. Sono molto contento anche per i miei due libri sono già alla sua seconda edizione e vendendo abbastanza. astrologia magia, sessuale e divinità, non è mai stato in tale evidenza come ora. Dopo tutto, può essere miscelato con la magia enocheana, magia africana, la magia antica e così via.
Con l'abbandono del Esoteric Umbanda per gran parte dei suoi promotori, Umbanda astrologica, è stata un'opzione per molte persone che si sentivano orfani conoscenza del Vecchio Matta e Silva. più famoso discepolo di Rivas Netto di Matta e Silva, ha preso nuove direzioni, fatto le sue letture - buoni progressi che ha raggiunto, ma alcuni errori, troppo ... beh, questa è la vita e la missione di ciascuno, perché la vita mago scelte. In ogni caso, si tratta di uno dei più grandi Umbanda o sacerdoti del nostro tempo e merita tutto il nostro rispetto.
Mi mancano le risorse per scrivere più come vi piace, modificare nuovi libri e così via, ma io a fare quello che posso, qui, in questa fine del mondo, perché ogni cosa ha il suo tempo e la necessità. Al momento, voglio solo ringraziare tutti per la vendita straordinaria di libri dell'Umbanda astrologica e le clavicole di Re Solomon spells - grande successo! In particolare, il luminoso Marcelo Aquaroli per l'occasione, l'impegno e la generosità e tutto il vostro personale fantastico! Gli angeli illuminano sempre ...
E astrologica Umbanda, già ben noto in Brasile, con molti libri venduti, migliaia di visite per i blog che scrivo, possono anche essere acquistati tramite Amazon, in tutto il mondo - che mi rende molto felice! È caro lettore, di fuori del Brasile, è possibile acquistare la mia magia astrologica di libri in dollari o euro, Italia, Germania, Francia, Gran Bretagna, Canada, Portogallo, Messico, Spagna, Argentina, Cuba, Stati Uniti d'America e molto altro ancora ... acquista avere la vostra copia! Sto lavorando per fornire le informazioni aggiuntive di questo primo libro, che in realtà è solo un test, sempre più contenuto a cui spero di rilasciare sequel presto. Informazioni supplementari, portano notizie, spiegando "punti ciechi" e di sviluppare più contenuti per i lettori, desiderosi di informazioni.
Acquistare in Italia: Chiedi al tuo libro qui ...
Acquistare in Francia: Chiedi al tuo libro qui ...Comprare in Germania: Ordina il tuo libro qui ...

Comprare Stati Uniti d'America, Canada, Inghilterra: Chiedi al tuo qui ...
Comprare Spagna, Messico, Cuba, Argentina, Portogallo: Chiedi al tuo qui ...
Comprare in Brasile o in Portogallo: Chiedi al tuo qui ...
 


Carlinhos Lima 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (178) magia (81) signos (80) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) Astrofísica (54) espaço (53) (52) umbanda-astrologica (50) tarô (47) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) astrofisica (25) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) ciência (21) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) astronomia (18) lua (18) destino (17) energias (17) terra (16) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) zodiaco (14) estrela (13) exu (13) mapa astral (13) planeta (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) 2012 (11) ogum (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) fotos (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Estrelas (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) cientistas (8) escorpião (8) ex-BBB (8) galáxia (8) mistério (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) astros (7) beleza (7) busca (7) energia (7) magia sexual (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)