Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Pra ter sucesso em 2014

2014 é o ano onde a espiritualidade tem que está em foco. Não só por que Júpiter o regente do ano é senhor das buscas ao sagrado, filosofias superiores, conhecimentos divinos e espiritualidade, mas, pelas bênçãos que serão enviadas por Netuno durante o ano.  Júpiter em Câncer, é a exaltação do planeta, o que já promete expansão e riquezas. Mas o contexto é de oposição a Plutão e quadratura com Urano. Pode continuar existindo desperdício no sentido concreto – sobra em alguns países e falta em outros, sobra em algumas famílias e falta em outras. O que o mundo precisa é de um reorganização completa em outros moldes, totalmente diferentes dos moldes anteriores.

A promessa de que um ano regido por Júpiter seja um ano de abundância e expansão, me parece fantasiosa. Pode ser o que todos nós desejamos ouvir, mas o Brasil terá um ano complicado, paralisado pela Copa e pelas eleições. Na verdade, nem toda "fortuna" (eu prefiro chamar de bênçãos), será na forma de dádivas que tragam aumento de bens materiais ou sucesso social. Na verdade as graças de Júpiter ou qualquer outro planeta, poderão ser na forma daquilo que estamos precisando mais e não do que queremos neste momento. Um copo de água gelada por exemplo, pode valer a vida de uma pessoa que está perdida no deserto. Um litro de gasolina pode ser valiosíssimo, quando o carro tá sem combustível num lugar ermo e perigoso. Assim não sabemos bem em que sentido realmente as bênçãos divinas virão até nós. Mas, podemos supor que elas virão na forma daquilo que realmente pode ser valioso pra nós.

Júpiter é um planeta de diplomacia e boa vontade. Uma pitada de sorte e esperança num ano em que a pressão de Saturno em Escorpião continua. Muitas influências de Vênus podem favorecer as artes e de novo, o exercício da diplomacia. A quadratura Júpiter-Saturno expõe que todo regime autoritário é opressivo e limita o crescimento do país – tanto no nível econômico como limita a criatividade e as artes. Sobre as eleições, o período será tenso e talvez seja decidido mesmo nos últimos minutos do último tempo de jogo.

Júpiter em Câncer, é a exaltação do planeta, o que já promete expansão e riquezas. Mas o contexto é de oposição a Plutão e quadratura com Urano. Pode continuar existindo desperdício no sentido concreto – sobra em alguns países e falta em outros, sobra em algumas famílias e falta em outras. O que o mundo precisa é de um reorganização completa em outros moldes, totalmente diferentes dos moldes anteriores. Saturno continuará em Escorpião, mas o ano vai se abrir com Nodo Norte em Libra (fevereiro-14), Marte em Libra até meados do ano, em movimento retrógrado ou direto, Vênus em Capricórnio retrógrado e julho Júpiter entrará em Leão. Se enviará um belo trígono para Urano, também estará em quadratura com Saturno antes do final de 2014. Até meados no ano, Júpiter fica em Câncer, signo com que tem grande afinidade. A exaltação do planeta nos faz buscar os verdadeiros valores e o bem-estar, além de prezar pela família e mundo interior. O período também favorece vínculos – se estiver procurando um namorado, não se acomode agora. O aspecto tenso do planeta em relação a Plutão e Urano, no entanto, ressalta a necessidade de fazer melhores escolhas antes de gastos mais significativos.

O ano já começa com a revisão de relacionamentos graças a Vênus retrógrada. O planeta só volta ao movimento em 31 de janeiro e, até lá, relações amorosas poderão passar por ajustes ou chegar ao fim se já estiverem por um fio. O momento também será de cuidado extra com dinheiro e com mudanças de visual. Uma das fases mais sensíveis, no entanto, será a retrogradação de Marte, o planeta da ação e do impulso. De 1 de março a 19 de maio, o risco de brigas e desentendimentos aumenta, assim como a necessidade por maior autocontrole.

A partir de 16 de julho, Júpiter ingressa em Leão, o signo dos filhos. Ou seja, uma fase em que muitos planejarão o primeiro herdeiro ou o crescimento da família. Será também uma fase de criatividade e realização de projetos pessoais . Aproveite para acreditar e investir em si mesma. Em outubro, Júpiter estará em trígono com Urano, resultando em período de ousadia e inovação. Outros três aspectos que chamam atenção no período: Saturno em Escorpião, Netuno em Peixes e a quadratura Plutão-Urano. Estas influências trazem questionamentos e crises, mas seu efeito mobilizador também favorece a mudança e reconstrução.

Podemos sintetizar a passagem de Netuno em Peixes, em três fases, em torno de pouco mais de 4 anos cada: a primeira fase atual, de 2012 até início de 2016; de sair da superfície, mergulhar na profundidade, na sensibilidade, ou espiritualidade, com fim de eliminar a ilusão e a confusão. A segunda fase, do início de 2016 até primeiro trimestre de 2020: de conscientização das nossas origens no mundo, provinda do aprofundamento anterior, e desilusão das relações emocionais com as nossas raízes. E a última fase, de 2020 até início de 2025, de envolver-se de uma vez por todas e tomar as atitudes necessárias para a transformação, e muito provavelmente, incorrer em conflitos e atritos. Pois seremos estimulados a partir para a ação. Nessa última fase será necessário equilíbrio para não perder a direção, levados pelos impulsos e paixões, e botar todo o progresso de espiritualização e profundidade a perder. Segure-se e não abandone o navio, pois a bela visão, das novas terras, logo aparecerá no horizonte!

Lembrando ainda, que antes de Saturno entrar em Sagitário, Júpiter vai necessitar de muito espaço e atenção em Leão a partir de julho 2014. E nós não estamos vivendo em uma época com Netuno transitando em Peixes por acaso: o rei Netuno em seu trono tentará lhe ensinar a viver mais de acordo com seu interior e seus sentimentos . E isto nem sempre será fácil, pois as antigas regras não funcionarão tão bem quanto antes. Pelo contrário, quanto mais se agarrar a elas, tentando ser totalmente frio, controlado, autossuficiente e independente, mais terá a sensação de que coisas importantes escapam de você, principalmente o amor de quem mais lhe interessa.

A oposição de Júpiter com Plutão está atualmente em atividade e se tornará cada vez mais intensa, obtendo-se o ponto máximo de expansão entre Janeiro e Abril de 2014. Porém, ela continuará ativa até Junho. A natureza de Júpiter é jovial, alegre e otimista, expansiva e contagiante! Esse Deus do Olimpo promove modificações importantes em nossa visão filosófica, nas nossas crenças religiosas e amplia nosso consciente para além da linha do horizonte. Em Astrologia mundial, Júpiter, regente da Casa IX do Zodíaco, relaciona-se com religião, ética, justiça e judiciário, relacionamentos internacionais, esportes coletivos, ao ar livre e radicais.

E Júpiter nos ajuda também a estabelecer um sentido para a nossa existência, enfrentando os desafios e as transformações que a vida nos propõe. Pelo fato de Plutão despedaçar e destruir tudo o que ele atinge, nos força a reconstruir nossa vida quando ele forma aspectos com Júpiter, e pode nos obrigar a mudar nossa filosofia de vida, nossas crenças, questionando, inclusive, nossa noção daquilo que consideramos Divino.Apesar de 2014 ser um ano mais auspicioso e favorável de maneira geral, até o segundo semestre, precisaremos agir com muita prudência no campo financeiro. Júpiter rege também as relações internacionais, as viagens e o turismo internacional, assim como os esportes coletivos e radicais de aventura. Podemos afirmar, então, que a Copa do Mundo de futebol estará bem sincronizada com esse aspecto astrológico que acontecerá, a partir de Julho, na Casa VII do Mapa do Brasil, já no signo de Leão. Essa Casa se relaciona com os países vizinhos, com os parceiros, e esse signo tem relação com os esportes e também com as atividades artísticas e culturais que colocarão em evidência nosso país.

Devemos lembrar que 2014 será um ano regido por Júpiter e aqueles que deram duro, arregaçaram as mangas e fizeram o dever de casa em 2013 (ano de Saturno) serão certamente recompensados! Por outro lado, continuaremos a ter muitas manifestações, com atos de violência e rebeldia selvagem, que podem não ter um direcionamento preciso, mas que, em certos momentos, terão como foco especial a moradia, a casa própria, a agricultura e os produtos do solo. Netuno, em trânsito em Peixes, onde se encontra há muitos anos, salienta a inclinação natural de nosso país para os assuntos da espiritualidade, mas do ponto de vista mais mundano, salienta os problemas relativos às águas, mananciais, barragens e assuntos marítimos; expõe ainda as fraudes e engodos relacionados especialmente a esses assuntos. Em Outubro, Saturno estará em quadratura com o Ascendente do Brasil: será que aprenderemos a votar com mais responsabilidade? Espero que sim, para o bem de todos nós! A verdade é que iluminação espiritual será a chave para sucesso, muito mais que simples raciocínio lógico e metas materiais.

 E para conseguir evoluir espiritualmente, teremos a ajuda importante do Arcanjo regente do ano o Senhor Saquiel. Este anjo, é conhecido por ser um dos guardas divinos e também o arcanjo da sabedoria,da riqueza,do prestígio e da caridade. saquiel ajuda os seres humanos na tarefa de exercer o poder com justiça e imparcialidade. Favorece a expansão e a criação de novas oportunidades,ajudando os que a ele recorrem a ampliar seus horizontes e a obter crescimento tanto no aspecto material quanto no espiritual.

Seu nome significa “Fogo de Deus”. Auxilia nas emergências e processos de todas as naturezas que implicam em julgamento. É o príncipe da profecia e da inspiração, ligado às artes e ao ensino. Traz ideias transformadoras, para concretizar as metas das pessoas fracas e desanimadas. Traz prosperidade, garante segurança financeira, união familiar. Eleva a autoestima, liberta a alma de rancores. Já entre os orixás, teremos Xangô como o Senhor do ano 2014.

Cassiel o poderoso Arcanjo que atuou como Grande Guardião do ano2013, agora em 2014 será o grande combatente auxiliador de Saquiel o responsável por este novo ano. Cassiel, combaterá malefícios que deturpam a fé e que pesam o carma das pessoas. Terá função também de corrigir e zelar pelos casamentos, bases familiares e vai proteger as crianças, também combatendo pedofilia e trafico de pessoas.

Ele que é responsável pelas fianças dos sagitarianos, neste ano protegem estes nativos de relações mentirosas e ilusões. E os sagitarianos que insistirem em relações fantasiosas, mentirosas e vãs, se darão mal...


Saiba mais sobre previsões, anjos e orixás na Umbanda Astrológica

2014: o portal de Júpiter

2014 abriu seus portais, com Júpiter no meio do céu no Brasil, junto com Lilith e envolvido em tensas quadraturas. Formando um grande quadrado maléfico. O contraponto positivo foi o bom raio formado com Saturno. Envolvido também nesse quadrado, Urano que estava se deitando no horizonte e Marte enfraquecido e desnorteado que nascia no leste...

E no fundo do céu, um stellium poderoso, formado pelo Sol, Mercúrio, Plutão e Vênus. Cortando um lado desse quadrado, Netuno bem posicionado, olhando com seus olhos de artista e grande mago para o Meio do Céu. O que significa que será um ano bem turbulento que vai mexer com as estruturas dos poderes. Mas, a egrégora espiritual tende a ter poder e agirá até mesmo no inconsciente coletivo. Assim sabemos que Satã sobrevoará sob nossas cabeças, mas, nossas importantes orações e fé, como também rituais de luz, tendem a mantê-lo longe dos que realmente tem fé, jogando-o para perto dos que se afastam da luz a cada dia. Satã agirá neste ano, e pra ficarmos longe de seu veneno, não podemos descuidar de nossa fé, proteção e luta pra ficarmos no caminho da luz...


Veja as previsões de todos os orixás para 2014 na Umbanda Astrológica
  Namastêa todos
Carlinhos Lima.

Inferno e paraíso

Em toda discussão sobre inferno e paraiso, a perda da alma ou salvação dos seres humanos, ninguém analisa ou se da conta que á extensões muito maiores que apenas nossa queda ou ascensão espiritual. Ninguem imagina mas, nós estamos inseridos numa teia familiar/ancestral muito importante. Perceba que os ancestrais sempre tiveram participação nas tomadas de decisões de um povo, mesmo depois de sua morte. E no Candomblé e Umbanda, mesmo grande parte dos ses adeptos ignorando, não percebendo ou não entendendo, a questão central é realmente a ancestralidade. Por isso há as firmezas do Axé e toda ritualística que tem como foco a cabeça, mas, fixando ao passado. E em nossa queda, poderemos está trazendo maldições familiares pra muitas gerações de nossos descendentes, assim como nossa santificação, poderá trazer muitas bonanças aos nossos herdeiros, por isso aquele famoso provérbio: "os pais comem as uvas e os filhos cegam os dentes"...

Outro fator importante diz respeito aos anjos, pois todo mundo como eu já disse aqui, pensa num ser submisso, que foi criado apenas pra servir os homens, o que não é. Na verdade eles cumprem uma missão compartilhada, claro que a hierarquia dos anjos da guarda. Se nos perdermos, nosso tutor espiritual também está suscetível a punições. Por isso que os antigos teólogos e santos que tiveram visões, diziam que se nos perdermos nosso anjo também chora... Ou seja, nós só sabemos pedir por nós, mas, ao rezarmos sempre devemos também pedir por nosso anjo guardião, pedindo força pra ele e sabedoria divina sempre, pois os anjos também estão suscetíveis ao erro, até porque os anjos que nos acompanham aqui são das categorias mais fracas que os arcanjos e príncipes...

Magia e ritualística: conceitos de Umbanda Astrológica

Uma das principais diferenças da Umbanda tradicional pra Umbanda Astrológica é que no prisma astrológico, não vemos os orixás propriamente ou apenas como desencarnados, espíritos de pessoas ou personificação de forças da natureza, mas, forças cósmicas, espíritos que nunca encarnaram e vibrações zodiacais também. Claro que estudamos e reconhecemos os encantados, os caboclos, a atuação dos ancestrais e da atuação humana em evolução, mas, também hierarquicamente, assim como aceitamos o poder dos anjos, como Arcanjos, Serafins, Querubins e Potencias, interagindo com almas elevadas que ascenderam ao céu, da mesma forma, sabemos que certos orixás nunca desceram do Orum pra encarnar aqui e que são eles os orixás mais importantes que agem sobre nós e nossa vida.

 Tá cheio de terreiro e templo por ai que se definem como "Umbanda Branca", "Mesa Branca" ou qualquer outras definições que tentam deixar claro que lá tudo é paz e amor e que nada de sombrio passa por lá. Na verdade eu nem sei o que quer dizer essas definições, mas, sei que a grande maioria desses lugares nada tem haver com Umbanda. Ninguem conhece a proporção das luz, sem saber que existe as sombras! Não é pelo fato de um químico ter conhecimento de como se fabrica venenos que ela tenha intenção de matar e não de curar. Pra se conhecer magia, é preciso conhecer todos os seus mecanismos. Nenhum mago chega a luz e ao grau de mago branco se antes passar pelos degraus sombrios do sofrimento, trabalho árduo e do medo. A Umbanda e a Quimbanda atuam numa junção harmônica, obediente e necessária. Ninguem compreendeu ainda, ou apenas muito poucos chegaram ao entendimento real dos senhores das sombras na evolução e iniciação de Umbanda ou qualquer caminho iniciático, mas, basta olhar a trajetória dos grandes iniciados que poderão ter a ideia real de tudo o que significa isso...
 As pessoas tem um falso entendimento e um conhecimento superficial sobre o que é magia. Magia de cura por exemplo não atua apenas na mão dos bonzinhos. Tem certos tipos de curas que só acontecem com a força das sombras. Lembre-se bem que muitos venenos encontra o seu antídoto com outro veneno ou com a transformação de si mesmo. Porque muitas pessoas passam pela dor, abandono, sofrimento e queda pra evoluir? Porque muitas pessoas tem que passar pelas sombras pra poder enxergar a luz. Não é tudo que queremos que podemos ter, nem é tudo que queremos que precisamos ter. Na verdade o Ser Supremo atende tudo ou pelo menos ouve tudo que pedimos e sempre concede, mas, nem sempre nos dá o que pedimos mas o que precisamos pra nos ajustar no caminho da evolução. No entanto, como somos egoístas, as vezes nem damos bola para o que ele coloca em nosso caminho, mesmo que seja valioso pra nós, pois no nosso pensar egocêntrico só nos serve o que queremos e por isso a humanidade peca constantemente e faz mal quase sempre a si mesmo...

A ciência humana não é dona da verdade

É muito engraçado ver a ciência querendo ser a detentora das verdades! Quando se indaga um cientista logo vem a famosa frase "não é comprovado cientificamente"! Nem tudo comprovado pelas ciências dos homens é irrevogável! Tá cheio de pesquisa que desmente outras, remédios que são removidos das prateleiras das farmácias por que novos estudos acham que eles trazem risco a saúde, enquanto estudos anteriores recomendavam seu uso! E assim por diante, muita coisa que conhecíamos no século passado, caiu por terra em nossa época, ao mesmo tempo, muito do que conhecemos agora, também cairá no futuro... As verdades são relativas, ou a verdade absoluta não podemos acessar sempre. Apenas naquilo que nos é permitido.

A Ciência e boa parte dos cientistas aceitam a famosa ideia de que "nada se perde tudo se transforma", então porque querem teimar contra a reencarnação? Se a mente humana apreende tantas coisas, guarda tantas lembranças em sua memória e nosso corpo tem um centro vital de energia, porque nossa alma ao morrer o corpo não se transforma também? Quem disse que nosso espírito não é formado por energia? A ideia que repudio de Darwin não diz que a tal evolução nos trouxe desde ratos, saruês e macacos, porque o espírito não poderia evoluir também? A alma não está vulnerável ao tempo e a matéria como nosso corpo. Na verdade como disse o Cristo "o espírito é forte, apenas a carne é fraca"...

Tem pessoas que conquistam mais...

Não é dificil perceber que tem pessoas que são mais conquistadoras, fortes e eficientes do que outras. Como também não podemos negar que certas pessoas tem mais sorte do que outros. Sim! Isso mesmo sorte. Sempre me perguntam: "existe sorte?". Lógico! Os materialistas logo dizem: "não existe sorte, o que existe é eficiência". Eu até concordaria com isso se não visse pessoas que não tem competência nenhuma e que não fazem praticamente nada, prosperarem e fazer sucesso, enquanto outras dão até a vida e não saem do lugar! Não é só no esporte que acho que a sorte existe não, na verdade é em tudo! Porém é evidente que a eficiência, disposição e muito trabalho, amplificam, prolongam e confirmam o estado de sorte. Ao mesmo tempo que a falta dessas qualificadoras derrubam seus dons de sorte. Mas, que ela é um elemento vigente no destino das pessoas e que assim como luz e sombra, sorte e azar, fazem parte de uma mesma esfera, isso eu não tenho duvidas...

Como explico no meu livro que está sendo editado, tudo tem haver com bagagem ancestral, carma, Dharma, bênçãos familiares e ao pra conectar tudo e gerir o destino, nossas escolhas, aliadas ao nosso Instinto. Por isso tá tudo escrito no livro da vida e grafado em nossa alma, os nossos signos hierárquico, astral e ancestral, como acima de tudo, espiritual. Tudo é uma questão de composição cósmica de cada indivíduo, conectado como disse Capra, a "teia existencial"... E na Umbanda Astrológica, levo em conta todos esses fatores.

A Cabala é fantástica

A Cabala é fantástica, não só pela sua metodologia, mas, também pela sua filosofia, raciocínio e toda sua disponibilidade a se alinhar a outros conhecimentos, como astrologia, espiritualidade, magia e até outros conceitos tanto religiosos, como não religiosos... Mas, como tudo, temos que saber que nem a cabala ou qualquer outro sistema, nem pode e nem deve ser visto como verdade absoluta. Na verdade o cabalista, o budista, o espírita ou qualquer outro tem resposta pra tudo, na verdade, nem resposta pra si mesmo, ele pode dizer que tem. É muito presunçoso e orgulhoso, ou até insensato, quem se acha conhecedor de todas as respostas, como fazem certos lideres midiáticos manipuladores, que na verdade não passam de almas limitadas, retrógradas e presas a conceitos preconceituosos. Porém a Cabala, a Astrologia, o Hinduísmo e o Budismo tem em sua essência algo que eu acho sensacional, que é o poder de dar ao homem a oportunidade de pensar, de meditar, com liberdade e com um foco exclusivamente em busca da luz interior e da paz espiritual...

Namasté a todos! - Carlinhos Lima

Tentam confundir a fé nos anjos

É interessante como as pessoas ao falar de anjos, pegou uma mania de vê-los quase como seres submissos! Claro que interpretando erroneamente a Bíblia, até porque ela não nos dá muitos elementos sobre este tema. As pessoas precisam entender que a Bíblia que conhecemos, foi uma montagem, com autores diferentes, em épocas diferentes e copiada e recopiada muitas vezes. Quem pode garantir o que foi tirado, acrescentado, inventado ou ignorado nesse processo? Ninguem! Então os falsos profetas, fundadores de templos, pregações falsas e arrebanhadores de dízimos, pra fanatizar e tornar seguidores em Bibliolatras, primeiro insere competitivamente que "A Bíblia é a palavra de Deus", este um método amplamente usado pela Igreja Católica também em toda sua historia. Ou seja, com essa alegação, até quem não acredita na Bíblia fica com o pé atrás pra contestar! Quem vai se indispor com Deus! Além do mais, mensagens e historias tão bonitas, não tem como ser invenção! É o que pensa a maioria das pessoas que entram em contato com a Bíblia. Assim romances como o de Ester, Tobias e Judith, passam a ser contadas, como uma coisa literal, um documento histórico "comprovadissimo" e incontestável! Puxa! Primeiro aceita-se a decisão de imprimir a ideia de que o proprio Deus "escreveu a Bíblia", pra depois usar textos e trechos importantes dela, como por exemplo a de exigir a contribuição que vai dá vida boa, carros de luxo, apartamentos em condomínios nobres e programas na TV aos reias "donos do paraíso" Sendo que "somente através deles, todos os males serão tirados e a pessoa será salva!". Enfim é toda uma estratégia, bem montada, bem elaborada e que deu certo até hoje a Igreja Católica, pois se tornou na entidade mais poderosa do mundo, em termos de religião.

Mas, ninguém a não ser os mais iluminados no caminho da busca, tentam se aprofundar mais. Por isso não percebem muitas coisas, por exemplo a importância dos anjos. Qual a ligação destes com os deuses do mundo antigo, de onde surgiu as crenças abramicas, as pré-adamicas, e tudo que há por traz da Bíblia! E veja como é fácil arrebanhar, especialmente muitos e muitos coitados que partem do interior do Brasil e que ficam vendo competitivamente aqueles pregações demagógicas, repetitivas e manobradas todo dia, muitas vezes na sua porta. Ai acabam comprando um terno e passam a idolatrar não só a Biblia mas, alguém que nada de sacerdote tem, que usa relógio de ouro, terno e gravada e que tem uma vida sexual ativa, todos os apetites do ventre, mas, que ao mesmo tempo dita regras e acha que tem direito em cobrar em nome do Senhor, as riquezas das pessoas...

Lilith: o lado oculto da mulher no mapa astrológico

A Lua Negra mostra onde podemos deixar que a Totalidade fale dentro de nós, sem atravessar um “eu” pelo caminho, sem erigir um muro formado pelo nosso ego. Ao mesmo tempo, ela não nos indica a passividade. Ao contrário, simboliza a firme vontade de mantermo-nos abertos e confiantes, de deixar que o Mundo Transcendental infiltre-se em nós, confiando inteiramente nas grandes leis do Universo, naquilo que chamamos Deus. A fim de nos preparar para essa abertura, a Lua Negra cria um vazio necessário.

Em trânsito, a Lua Negra indica-nos alguma forma de castração ou frustração, frequentemente nos assuntos relacionados ao desejo; uma incapacidade da psique; ou uma inibição em geral. Por outro lado também indica nossas áreas de auto-questionamento, a nossa vida, nossos trabalhos, nossas crenças. Acho que é isto é importante, pois nos dá a oportunidade de abrir mão de algo. A Lua Negra descreve nosso relacionamento com o Absoluto, com o sacrifício como tal, e mostra-nos como abrimos mão de certas coisas.

Astrologia: ciência divinatória que fascina

É isso mesmo que você acaba de ler: embora a ciência hoje seja uma inimiga feroz da astrologia, questionando seus princípios, ela tem uma dívida um bocado grande com a arte de ler os desígnios dos astros. Por séculos, os sujeitos que tentavam entender a ordem do Cosmos eram os mesmos que recebiam gordas recompensas para contar aos poderosos o que o futuro reservava - e não pense que eles faziam isso só para descolar um extra no fim do mês. A astrologia fez o conhecimento científico avançar.

Entre as evidências mais antigas desse saber estaria uma estatueta de marfim de mamute, achada na atual Alemanha e com mais de 30 mil anos de idade. Segundo o alemão Michael Rappenglück, especialista em arqueoastronomia (os conhecimentos astronômicos dos povos antigos), a estatueta, com forma humana estilizada e cabeça de leão, seria uma das representações mais antigas da constelação de Órion.

Monumentos do Neolítico, com idade entre 5 mil e 10 mil anos, deixam claro que já se sabia calcular momentos como o solstício de inverno, a data usada hoje para marcar o início dessa estação e que define o momento em que um dos hemisférios da Terra recebe menos luz solar durante o ano. Quase tão antiga quanto esse conhecimento é a percepção de que o Sol traça um caminho (que hoje sabemos ser apenas aparente, pois quem se move é a Terra) pelo céu ao longo do ano, e que esse trajeto determina as estações do ano; e que algumas "estrelas" - chamadas hoje de planetas - se movimentam também pela abóbada celeste, enquanto outras permanecem (aparentemente) paradas ali o tempo todo.

A astrologia não é uma ciência humana e sim divina

Ao juntar o conhecimento sobre as constelações com o caminho que o Sol, a Lua e os planetas descrevem no céu, os povos antigos passaram a contar com um verdadeiro relógio cósmico, que os ajudava a prever mudanças relevantes no clima e na natureza. Isso se tornou ainda mais importante com o avanço da agricultura, porque o único jeito de plantar e colher no tempo certo era seguir os sinais do céu. É claro que não dá para afirmar nada sobre isso com certeza (afinal, tais fatos aconteceram milhares de anos antes que a história começasse a ser registrada em forma escrita), mas é bastante possível que a mente dos povos antigos tenha saltado da conexão entre os acontecimentos celestes e os ciclos da natureza para uma relação direta entre os astros e a história de cada ser humano. Coincidência ou não, parece ter sido na Mesopotâmia, o mais antigo berço da agricultura, que a idéia do que hoje chamamos de astrologia tomou corpo. Cerca de 1 000 anos antes de Cristo - no mínimo -, povos como babilônios e assírios já sabiam prever com precisão eclipses do Sol e da Lua. E iam além disso. Nas tabuletas de argila usadas como livros por esses povos do atual Iraque, arqueólogos encontraram predições que associavam as mudanças no céu a calamidades na Terra: "Quando Júpiter estiver na frente de Marte, haverá trigo nos campos e homens serão mortos... quando Marte se aproximar de Júpiter, haverá grande devastação... naquele ano o rei de Akkad morrerá", e por aí vão os registros. É dessa região que vem o mais antigo mapa astral traçado para o nascimento de alguém, uma criança que veio ao mundo ao sul da atual Bagdá em 29 de abril do ano 410 a.C. - o calendário na Babilônia já era solar, o que permitiu aos pesquisadores calcular com exatidão a data do nascimento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (177) signos (80) magia (78) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) (51) umbanda-astrologica (50) tarô (47) espaço (42) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) Astrofísica (35) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) astrofisica (22) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) lua (18) astronomia (17) ciência (17) destino (17) energias (17) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) zodiaco (14) exu (13) mapa astral (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) terra (12) 2012 (11) estrela (11) ogum (11) planeta (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) fotos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) escorpião (8) ex-BBB (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) astros (7) beleza (7) busca (7) cientistas (7) energia (7) galáxia (7) magia sexual (7) mistério (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) Estrelas (6) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)