Total de visualizações de página

sábado, 1 de outubro de 2011

Estabelecimento do Começo do Zodíaco Tropical e sua Aceitação

Atribui-se também a Hiparco, em 139 a .C., o estabelecimento do primeiro grau de Áries (o zero ainda não existia) para o equinócio de primavera e o começo do zodíaco. Certamente, o objetivo de Hiparco era facilitar o cálculo da posição dos astros e das estrelas no sistema equatorial. Contudo, isto não foi levado imediatamente em conta pelos astrólogos. Historicamente, os primeiros a adotarem a proposta de Hiparco foram Posidonius ( 80 a .C.) e seu discípulo Gemino ( 70 a .C.), mas segundo Manilius, século I d.C., até Theón de Alexandria, século IV d.C., o grau 8 continuou sendo adotado pelos astrólogos como início do zodíaco. 

Diz Manilius, no século I d.C., no livro III de seu Astronomicon: “Um grau deve ser marcado nos signos tropicais, que movem o mundo e alteram as estações. Alguns colocam este poder no grau 8, outros preferem o grau 10 e há um escritor que colocou a mudança das estações no primeiro grau. “ Sem dúvida, o escritor ao qual Manilius se refere é Hiparco. No século II d.C. – segundo afirma o historiador Bouché Leclercq do século XIX – Ptolomeu adotou o zodíaco Tropical de Hiparco e rompeu com as origens, separando definitivamente o zodíaco dos signos e das constelações. 

Diz Ptolomeu: “Aqueles que não considerarem os equinócios e solstícios no princípio dos signos vão se equivocar no que se refere à sua natureza, que depende das distâncias dos pontos cardinais.” Contudo, Ptolomeu também não teve grande impacto em sua época e foi somente a partir do século IV que passou a ser adotado pelos últimos astrólogos clássicos. Foi desta maneira que posteriormente seu texto chegou aos árabes e, através deles, retornou à Europa. E é deste modo que o zodíaco Tropical foi se difundindo como modelo ocidental. Em sua constituição intelectual, o zodíaco Tropical preservou nos signos os nomes das constelações próximas à faixa zodiacal que eles ocupavam na ocasião da fixação de seu começo; não obstante, os signos nunca foram perfeitamente superpostos às constelações, já que estas têm dimensões muito variadas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (178) magia (81) signos (80) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) Astrofísica (54) espaço (53) (52) umbanda-astrologica (50) tarô (47) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) astrofisica (25) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) ciência (21) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) astronomia (18) lua (18) destino (17) energias (17) terra (16) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) zodiaco (14) estrela (13) exu (13) mapa astral (13) planeta (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) 2012 (11) ogum (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) fotos (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Estrelas (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) cientistas (8) escorpião (8) ex-BBB (8) galáxia (8) mistério (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) astros (7) beleza (7) busca (7) energia (7) magia sexual (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)