Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Influencias astrais no retorno de Saturno


O Temido Saturno, pra alguns, e necessário pra outros, às vezes, provoca uma cirurgia, ou um acidente de carro, trem, avião ou mesmo de cavalo, que nos limita e faz refletir por algum tempo. Às vezes, saímos de casa ou viajamos. Não importa o que fazemos, porém é certo que Saturno nos reserva algo. É como se ele nos perguntasse: “Então está agindo de maneira a cumprir o sua missão nesta vida?” Daí, nos dá um presente ou um “castigo””. Porém, não importa o que Saturno nos reserva, certamente é a lição que estamos precisando, o velho Saturno, é como um pai zeloso, mas rígido.

Saturno (O Senhor do Tempo; o Senhor do Karma, o Senhor da Vida e da Morte) certamente vai marcar o RETORNO dele de alguma maneira. Pode ser com um casamento (ou separação), ou ainda, um filho (ou com a perda de um filho) que a princípio considera-se datas felizes, mas que muitas vezes trará problemas sérios depois. Sem falar que há casos em que ele se manifesta de forma velada. Ou seja, um presente de grego, como o Cavalo de Tróia, que estava recheado de soldados que atacaram. 

É claro que existem outros ciclos planetários que influenciam esse processo evolutivo natural. Saturno possui um ciclo natural de sete anos dentro do ciclo completo de 28 anos. Júpiter tem um ciclo de 12 anos de crescimento e expansão. O eixo nodal da Lua possui um ciclo natural de 18 anos, Urano forma uma quadratura consigo mesmo aos 21 anos de idade, uma oposição entre 39 e 42, uma outra quadratura aos 63, e retorna aproximadamente aos 84 anos. Netuno forma uma quadratura consigo mesmo aos 42 anos de idade. Dependendo do seu trajeto elíptico, Plutão também pode formar uma quadratura consigo mesmo durante a vida do indivíduo.

A revolução de Saturno é um período natural de crescimento formado por uma reflexão condensada a respeito do passado e, por conseguinte, acelerada em virtude do novo ciclo evolutivo que está em via de emergir. A medida que Saturno se aproxima cada vez mais da sua posição natal, o indivíduo vivência dois estados simultâneos — um senso de restrições, frustrações, e depressão baseado nas antigas condições (hereditariedade Kármica), e ao mesmo tempo a sensação instintiva emergente de precisar redefinir e recriar as condições de vida. Em outras palavras, o passado e o futuro (o desígnio evolutivo da Alma) começam a colidir em cada momento da vida do indivíduo.

A medida que as forças evolutivas convergem sobre a realidade existente (segurança) que é definida pelo passado (Plutão), apresentam-se ao indivíduo opções extremamente importantes que irão determinar as experiências dos 28 anos seguintes. Anos de vida são passados vivendo as condições representadas pelo passado evolutivo e Kármico. À medida que o retorno de Saturno se aproxima, o indivíduo normalmente começa a se sentir restringido, frustrado, ou deprimido com a realidade ou as condições da sua vida.

A criação é um processo contínuo de nascimento, morte e renascimento. Podemos observar esse processo evolutivo natural ao nosso redor — desde a mudança das estações ao sistema solar e ao universo sem fim. Portanto, não deve ser tão surpreendente julgar que todos nós fazemos parte desse processo. Compreender o passado é compreender o momento. Este entendimento deixa espaço para escolhas positivas com relação aos nossos futuros individuais e coletivos. Durante esses ciclos naturais, as forças evolutivas relativas ao futuro são aceleradas com relação às condições representadas pelo passado. As forças evolutivas representadas pelo passado definem a realidade total do momento, tanto individual quanto coletivamente.

Entre os 28 e 30 anos, mais precisamente aos 29 anos e meio, passamos pelo chamado RETORNO DE SATURNO. O que vem a ser isso? No momento em que nascemos, os planetas estão dispostos em nosso mapa astrológico, cada um num determinado ponto do zodíaco. No Retorno, quando Saturno completa uma volta inteira ao redor do Sol, ele passa pela mesma posição em que se encontrava quando viemos ao mundo. Podemos ajudar a nós mesmos, e podemos ajudar a humanidade ao fazê-lo. Os ciclos naturais de aceleração evolutiva deixam espaço para um máximo de oportunidades de desenvolvimento. Se houver uma resistência a essas oportunidades por causa das forças cumulativas do passado, existirá então o potencial para os fenômenos cataclísmicos.

O significado é abrangente, mas podemos resumir dizendo que o fechamento deste ciclo marca uma crise envolvendo o sentimento de responsabilidade, de realizações e de maturidade. Muitas vezes, inconsciente. Todos esses atributos pertencem ao simbolismo de Saturno. Normalmente nos sentimos incapazes ou inadequados, e é comum as pessoas dizerem: “não fiz nada nessa vida que prestasse!”. Na verdade é um momento em que assumimos nossas limitações, outro atributo do símbolo de Saturno. Se por um lado a sensação é bastante desconfortável, por outro a consciência muito clara dos limites é justamente a base que nos faz concretizar os anseios dos anos anteriores. Isso ocorre sem fantasias e com pragmatismo. Não é à toa que popularmente chamamos os 30 anos de “idade da razão”. Aliás, já ouviu uma música do conjunto Legião Urbana, com letra de Renato Russo que fala: “E aos 29 com o Retorno de Saturno, decidi começar a viver? Ele devia conhecer bem o simbolismo.

O passado é a lua, o presente é Saturno, e o futuro é Urano. Saturno é o tempo bem aproveitado. Pessoas com fortes aspectos de Saturno geralmente tem que trabalhar com a questão tempo, Saturno vive colocando provas de paciência, por meio de limitações, obstáculos. Em Libra Saturno nos ensina a nos associar, a ter justiça. Saturno é lei, o casamento é regido por leis, Vênus é Amor, Saturno em aspecto com Vênus geralmente a pessoa se casa por conveniência, por segurança, Saturno é a maturidade dentro de uma relação. Já diziam que para o casamento perfeito é necessários parceiros com defeitos suportáveis e qualidades admiráveis. Saturno é o mestre que da as aulas mais duras de serem aceitas. È o Mestre do tempo e não há como fugir dos limites do tempo, repor dinheiro, fama, é fácil, o difícil é repor o tempo. Sem saturno não existiria a Astrologia, pois Aquário é co-regido por saturno. E a Astrologia estuda os aspectos dos astros e sua ligação com a vida, os astros por uma certa maneira são regidos pelo tempo, e o tempo é Saturno.

Saturno com a Lua nos ensina a disciplina alimentar, Saturno com Mercúrio nos disciplina a usar a mente de forma ordenada. Saturno com Sol ensina a viver a vida plenamente, Saturno com Vênus nos ensina a viver a vida social, já Saturno com Netuno nos ensina a ter lazer, repouso. Marte se exalta em Capricórnio, é energia necessária para se chegar ao topo de nossas realizações regidas por Saturno.

Sabemos que o corpo é o limite entre a alma e o mental, a pele o limite do corpo, os ossos são os limites das articulações, o corpo é o limite da saúde, e a idade é o limite de vários fatores, e saturno rege todas estas estruturas. Saturno rege as estruturas sociais das quais nos envolvemos, é o emprego seguro, a casa segura, os amigos seguros que buscamos, e nos emaranhamos, nos enclausuramos, nos prendemos em um cárcere social, porque suas limitações dentro desta estrutura chamada “sociedade”.

O que quero dizer é que Saturno é bom em nossas vidas, mas não é tudo, ele nos ajuda a construir coisas que nos dão “segurança”, que mais tarde teremos que reavaliar porque nem sempre tem o melhor emprego é o mais feliz, nem sempre quem tem a mulher mais competente é o mais satisfeito, e assim por diante. Por isso acho eu, que muitas pessoas dizem que se sentem mais jovens aos 40 do que aos 30 anos. 40 anos é o momento da irresponsabilidade bem o momento da irresponsabilidade bem administrada. Pode assustar a sociedade nossas atitudes nesta fase, mas para urano ousa, renova, liberta, . Ele nos ensina a liberar-se de uma forma inteligente, corajosa. Viver bem Urano não é para qualquer um, convenhamos; pra os que conseguem, é magnifico!
Nos cobra todos os dias, e muitas vezes caímos em depressão. No RETORNO DE SATURNO por volta do fim dos vinte oito anos (28), até 30 ou 31 anos, as cobranças vêem a tona, e nos perguntamos o que fizemos de nossas vidas até esse momento para viver neste planeta, Saturno são estruturas materiais que criamos e alimentamos, Saturno representa esse lado material de sobrevivência. E por volta dos 40, 42 anos com a oposição de Urano ao nosso Urano natal, é o momento em que nos libertamos de todas estruturas que não fazem bem para nossas vidas, para nossa evolução, é nesta fase que muitas pessoas literalmente “chutam o pau da barraca”, se divorciam, abandonam empregos, lares e tomam outras medidas que quebram paradigmas que até então eram bases de segurança para suas vidas, algumas pessoas menos corajosas não tomam essas atitudes, mas urano vem e tira deles tudo aquilo em que se apegaram e que não lhes servirá para sua evolução, em vez de abandonar essas bases, a vida vem e lhes tira, e esses sofrem muito mais, porque urano não pede licença, ele assusta. 

E como em todo trânsito de Saturno, ocorre um doloroso rito de passagem, envolvendo responsabilidades, desta vez maiores do que nunca. A partir deste período, muitas coisas que antes eram parte de uma gama de opções se tornam definitivas. É o momento de determinar o que vai dar impulso aos próximos 28 anos e tudo o que é decidido tem sua repercussão e conseqüência. Entre os 28 e 30 anos de idade, ocorre o primeiro retorno de Saturno, ou seja, o planeta em trânsito se posicionará no mesmo local em que ele estava no momento de nascimento da pessoa e iniciará uma nova volta em torno do zodíaco.

Aos 28 anos, as pessoas começam a se preparar para inverter os papéis. Nesta época, surge a necessidade crescente de se fundar um lar, ter filhos, educá-los e progredir profissionalmente. É a chegada definitiva da certeza da sua responsabilidade em relação aos outros, em que se procura gerar confiança em que os cerca e se começa a pensar seriamente no futuro. É o primeiro contato com a sensação de que o tempo passa e que a velhice não tarda a chegar, por isso a intensificação das cobranças internas. Não é mais tempo para ilusões e sim para definições. Este período representa também o fechamento sobre todo o passado de dependência familiar, uma liberação final de tudo que ligava às servidões da infância e da adolescência, uma aquisição definitiva de autonomia. É o ponto final do caminho de relaxamento de responsabilidades dos pais sobre os filhos.

Nessa época, as pessoas que ainda não se definiram na vida passam a se sentir muito angustiadas, porque o fantasma do fracasso começa a ameaçar. Freqüentemente, aos 28 anos as pessoas retomam os estudos, procuram caminhos profissionais definitivos e não mais bicos e trabalhos esporádicos. A crise provocada por Saturno sempre é complicada, já que mexe com assuntos como o tempo e a idade, fracasso, frustração ou sucesso. Todos estes aspectos são muito angustiantes porque abalam a auto estima de cada um. Começa-se a perceber que as suas decisões terão influência na vida daqueles que amam. Agora, e cada vez mais, são os pais que passam a ser seus dependentes, o que aguça o sentido de cumprir sem falhas a sua missão, que é uma tarefa solitária e de extrema importância para toda a família. Mas, ao mesmo tempo, Saturno que é sempre associado a processos de diferenciação, individualização e separatividade, leva os indivíduos a procurarem dar a seus filhos uma educação diferente da que receberam. Paradoxalmente, com a nova aproximação dos pais, as pessoas se deparam tomando decisões surpreendentemente parecidas às deles. Nesta época, as pessoas começam a adquirir um senso de responsabilidade não apenas para si próprios, mas também para aqueles que o cercam.

O ciclo dos 29 anos de Saturno é completado quando se pode tomar nas mãos com segurança as rédeas e o controle da própria existência. Desligar-se do passado para apenas conservar dele as bases mais sólidas sobre as quais deve ser projetado e construído o futuro. 7 anos - Primeira quadratura de Saturno natal com Saturno em trânsito. 14 anos - A primeira oposição de Saturno. 21 anos - Segunda quadratura de Saturno.

Há, entretanto, alguns ciclos específicos que estão presentes na vida de todos os seres humanos. Um destes movimentos planetários é o famoso "RETORNO DE SATURNO", assunto de interesse de todas as pessoas que começam a estudar Astrologia. Até mesmo alguns leigos já ouviram falar sobre o retorno de Saturno e tentam encontrar informações sobre este assunto, seja na internet ou em livros. A Astrologia, conforme aprendemos na medida em que a estudamos, é um estudo dos ciclos planetários que ocorrem na vida de todos nós. Estes ciclos são individualizados, ou seja, cada pessoa é um caso único e só é possível conhecer tais ciclos a partir do estudo do mapa astral de cada um.

RETORNO DE SATURNO: trata-se do tempo necessário para que o planeta Saturno realize uma volta completa em torno do Sol. Enquanto nosso planeta, a Terra, leva em torno de 365 dias para realizar esta volta, Saturno leva aproximadamente 29 anos terrestres para fazer o mesmo movimento. Isso significa que se na Terra você tem 29 anos, em Saturno você acabou de completar seu primeiro ano de vida. Se você acha que está ficando velho(a), é tudo uma questão de perspectiva, pois em Saturno você ainda é muito novinho(a). Para a Astrologia, Saturno simboliza o limite, justamente por ser o último planeta que pode ser visto a olho nu. Podemos compreender o retorno de Saturno como sendo aquele momento em que tomamos consciência de nossas limitações, daquilo que podemos ou não podemos fazer. "Podemos compreender o retorno de Saturno como sendo aquele momento em que tomamos consciência de nossas limitações, daquilo que podemos ou não podemos fazer. " Aprendemos a diferença entre o que é viável e o que é "viagem na maionese". Astrologicamente falando, é quando nos tornamos efetivamente adultos. Antes do retorno de Saturno, a maioria de nós costuma ter a ilusão de tudo poder. Fantasiamos que somos livres de uma forma irreal. Entre a idade de 28 e 30 anos, "a ficha cai".

Para algumas pessoas esta é uma fase dolorosa, pois elas descobrem que não são mais crianças e que algumas sérias responsabilidades precisam ser assumidas. O sofrimento, neste ciclo, ocorre apenas quando a pessoa não foi devidamente orientada ao longo de sua vida, quando lhe faltou estrutura e quando ocorre medo de amadurecer. Numa fase em que é imprescindível identificar o que é verdadeiramente necessário, pode ser muito doloroso descobrir que alguns de nossos mais caros apegos envolvem coisas, pessoas ou ideias que não nos fazem bem. Descobrimos que existem limites precisos, e o melhor: que isso não é ruim, muito pelo contrário! Nos livramos de muitos supérfluos, mantendo em nossas existências apenas aquilo que tem funcionalidade e permite nosso desenvolvimento. É como se passássemos uma peneira fina, e no final descobrimos que mantínhamos várias coisas, objetos ou relacionamentos que não faziam mais sentido e que apenas ocupavam espaço em nossas vidas.

Para tantas outras pessoas, o retorno de Saturno pode ser uma fase muito feliz, de grandes realizações, um momento em que nos deparamos com resultados práticos para os esforços que desempenhamos antes de completarmos 29 anos de idade. É como se a vida começasse a finalmente ?tomar forma?, e muitas das ideias e conceitos que compreendíamos apenas em teoria passam a assumir a conformação de uma realidade efetiva. Deste modo, é importante compreender que o retorno de Saturno não é, a princípio, uma fase "boa" ou "ruim", até porque tais valores são estabelecidos por cada pessoa, de acordo com suas próprias e particulares vivências. Também é importante entender que ter um retorno saturnino melhor ou pior não depende apenas de nossa vontade, pois este momento é como o ápice de um processo que se desenvolve desde que nos entendemos como pessoas pensantes.

Se lhe faltou estrutura, sobretudo estrutura familiar, isso ficará evidente aos 29 anos de idade e é possível que você vivencie uma crise interior. Entretanto, note que vivenciar este crise pode ser a forma de resolver as carências que você acumulou ao longo da existência. Se o retorno de Saturno será "bom" ou "ruim", isso não importa tanto, pois o sentimento associado a este ciclo é apenas a resultante de nossos movimentos passados, e a vida em geral não acaba aos 29 anos. Na verdade, sob uma perspectiva saturnina, é aí que ela realmente começa! Uma nova oportunidade se reconfigura, e seja lá o que você tiver vivido em seu passado, depois do retorno de Saturno um novo mundo se descortina, oferecendo a você a chance de ser mais senhor(a) de sua própria vida.

De uma forma bem direta, você descobrirá que o que você viveu até antes dos 30 anos não passou de mero ensaio da vida, e na medida em que você amadurecer perceberá como todos os dramas e dores de antes dos 29 anos lhe parecerão tolos e infantis. Passado o ensaio da vida, eis que o espetáculo começa! Sopre a vela do seu bolo saturnino de aniversário e não se preocupe tanto com o gosto do bolo. O importante é que você lembre: este é o primeiro ano do resto da sua existência. Nada é tão básico e fácil de constatar em nossa vida do que os ciclos. As Leis Herméticas mostram que Vibração, Ritmo e até mesmo Causa e Efeito.

Ciclo é um intervalo de tempo entre um evento e outro (ou uma série de eventos) e que pode se repetir regularmente. Ciclo é também uma execução completa (o ponto final) de um fenômeno ou uma seqüência de eventos, que se repetem periodicamente. Portanto, quando ocorre um ciclo podemos experimentar novamente um acontecimento que já ocorreu no passado. Toda a nossa compreensão mental do mundo depende dos ciclos, já que são eles que nos fornecem os meios para aprender, crescer, amadurecer e compreender com o fenômeno da repetição. Baseados na experiência que a astrologia nos ensinou, compreendemos que o deslocamento dos planetas em sua própria órbita causa efeitos que se repetem ciclicamente. Assim, quando um planeta forma um aspecto em relação à posição que ele ocupava no momento de nosso nascimento, ele está simplesmente indicando de que forma essa energia se tornará atuante em nossa vida, terminando um ciclo e iniciando outro.

Aprendemos em base à observação e aprendizado de ciclos passados. A palavra ciclo deriva do antigo termo grego kyklos que significa círculo. A própria mandala astrológica é um circulo e sabemos que o circulo é um dos símbolos mais poderosos de nossa humanidade. Por exemplo, um círculo com um ponto no meio é o símbolo do Sol, centro de nosso sistema solar. Nossos planetas são representados com círculos. Os ciclos não são todos ‘negativos’, porém. Existem ciclos positivos, ou seja, de planetas considerados benéficos (como Vênus e Júpiter, por exemplo) existem ciclos considerados negativos (como Saturno e Urano, por exemplo) e existem também ciclos que podem ser ambas as coisas. Ou seja, se tivermos Júpiter em mau aspecto no nosso mapa natal, o ciclo de Júpiter (de doze anos aproximadamente) não poderá ser positivo, mesmo se o planeta é considerado benéfico. O mesmo pode ser dizer de Saturno. Considerado negativo, este planeta pode não indicar nenhum fato negativo se ele mesmo não estiver em mau aspecto em nosso mapa natal, ou se não tivermos nenhuma dificuldade (dada nossa característica pessoal) de lidar com sua energia específica.

Os aspectos mais brandos, como sextis e trígonos são considerados favoráveis. Os aspectos de oposição e quadraturas e as conjunções são considerados mais difíceis e tensos. As conjunções marcam um ‘fim de ciclo’. Saturno é um planeta lento, e demora cerca de 29 anos (29,42) para completar o ciclo completo em volta do Sol e se juntar consigo mesmo novamente, ou seja, a formar uma conjunção consigo mesmo. Assim, de sete em sete anos ele também forma aspectos menores, marcando etapas importantes de nossa existência. Vocês já perceberam como o número 7 é importante em nossa vida? Com 7 anos saímos de casa para começarmos nossa atividade escolar (quadratura de Saturno com Saturno natal). Com 14 anos aproximadamente, começam as angústias da adolescência; no meio do período anti-social (marcado pelo ciclo de 12 anos de Júpiter) Saturno atua no sentido de ajudar a criança a estabelecer uma identidade própria, libertando-se da figura paterna (Saturno no mapa natal é sinônimo de pai, de autoridade), ou simplesmente questionando-a. É um período difícil, sem dúvida, que pode resultar numa alienação total da própria sociedade, como forma de se libertar da pressão paterna. Na maioria dos casos, pouco a pouco, a pessoa entra em acordo com as pressões e as exigências da sociedade (21 anos), atingindo a maior idade, quando irá se encaixar dentro dos padrões da sociedade em que vive. Devemos salientar que este ciclo de 7 anos também coincide com o ciclo Lunar, o que reforça as crises de cunho emocional se sobrepondo ao ciclo de Saturno.

Entre os 21 anos e os 29 anos e meio, a pessoa desenvolve seu potencial de ser independente, buscando conquistar seu próprio espaço, estabelecendo uma identidade própria e conseguindo então chegar ao patamar desejado. Mas, se aos 29 anos a pessoa não consegue alcançar as metas estabelecidas, então começa a primeira grande crise: é o primeiro ‘retorno de Saturno’. É o Senhor do Tempo fazendo a sua cobrança! A crise será maior quanto mais difícil for a posição de Saturno em seu Mapa Natal. Ou seja, se Saturno forma aspectos com os luminares (Sol e Lua do Mapa Natal), que são determinantes para o desenvolvimento da sua personalidade, a crise será muito sentida. Se formar aspectos tensos com outros planetas maléficos (Marte ou Urano, por exemplo) também poderá ser muito marcante. Assim, o indivíduo terá que fazer esforços muito sérios para estabelecer e desenvolver condições de vida cada vez mais sólidas, buscando a estabilidade que lhe servirá de sustento na terceira idade.

O indivíduo se sente ‘maduro’ (e tem medo de envelhecer, perdendo o viço da juventude): o homem busca relacionamentos com jovens para espantar a fantasma do envelhecimento, e a mulher se assusta com o aparecimento das primeiras rugas e corre para o dermatologista (ou para o cirurgião plástico). É a juventude que se vai! Neste momento de nossa vida é imperioso estabelecer nova relação consigo mesmo, assumindo um novo ciclo dentro de sua existência. Não há retorno possível dentro do ciclo, não se anda para trás. A baixa energia gerada pelo próximo ciclo, oposição de Saturno consigo mesmo, atinge as pessoas por volta dos 44 anos.

Um pouquinho antes dos 59 anos, toda a história se inverte e o retorno de Saturno pode encontrar a pessoa num ciclo positivo, mesmo que novamente bastante importante. Tudo depende de como o indivíduo aprendeu a lição durante todo esse tempo. Se ele foi responsável, trabalhou e poupou, viveu, amou, se multiplicou (condição fatal a toda a humanidade) ele irá chegar à ‘melhor idade’ realmente melhorado! Os frutos de toda uma vida costumam estar à disposição da pessoa, assim como a capacidade de produzir mais, resultando num sentimento de realização e confiança. Poderá então desfrutar de um período bastante criativo e muito, muito gratificante. O próximo ciclo importante acontece por volta dos 73 anos (é um período de baixa, pois acontece novamente uma oposição Saturno/Saturno). Diminui a energia física, diminui o fluxo energético de Júpiter que deu um vigor momentâneo à pessoa por volta dos 71 anos, e começa, praticamente, a decadência.

Saturno é nossa consciência individual, e no curto prazo pode ser restritivo e até destruidor, mas, no longo prazo, é criativo e evolutivo. Ajuda-nos a crescer, a assumir responsabilidades. Ele nos ajuda a separar o joio do trigo, a poupar as boas sementes para o replantio, ele nos fortalece com a escassez para que não desperdicemos na abundância. Vocês lembram das sete vacas magras e das sete vacas gordas? Bem, é assim que Saturno nos lapida, fazendo de nós as mais belas e preciosas pedras da criação de Deus. Os ciclos de Saturno (Deus da matéria e Senhor da cristalização da Vida) são os mais proveitosos de todos e quem se recusa a usufrui-los é realmente infeliz, desperdiça sua vida criando conseqüentemente um retorno ainda mais difícil. È claro que isso não indica uma verdadeira morte física, e se o indivíduo passar por essa crise de ‘consciência da velhice’, mas com uma disposição jovem no coração, o ser humano poderá ainda esperar alguns ciclos de alta energia, por volta dos 80 anos. Vocês já viram quantos velhos de 80 anos se sentem mais jovens do que muitos jovens de 21? Assim, podemos dizer que esses ciclos de Saturno (de 29 anos e meio) são importantes sempre, tanto os favoráveis quanto os mais difíceis, pois seus efeitos terão um alcance tão abrangente quanto maior for nosso desenvolvimento espiritual.

RETORNO DE SATURNO na astrologia é quando o planeta volta a se posicionar no mesmo local em que estava durante o nascimento da pessoa. O fato desse planeta iniciar uma nova volta em torno do zodíaco faz com que as pessoas determinem o impulso para os próximos 28 anos, ou seja, iniciem também uma nova fase, onde as opções tornam-se definitivas. O que for decidido nesse período terá repercussão, por isso, existe a crença de que as pessoas passam por uma fase de mudança e desassossego.

Saturno é o planeta que representa responsabilidade, disciplina, nossa natureza e personalidade. A cada ciclo que Saturno completa, acontece um balanço geral interno. O senso de responsabilidade e individualização aumenta. É o primeiro momento que uma pessoa para e pensa que a velhice está próxima. Questionamentos sobre fidelidade, a nossa essência e autoconhecimento são freqüentes durante o ciclo. A fase representa uma liberação das questões da infância, da adolescência e da dependência familiar.Geralmente é em torno dessa idade que acontece a inversão dos papéis, onde se começa a pensar em ter cuidados com os pais. É o momento de pensar em criar um novo lar, ter filhos e progredir profissionalmente. Nesta fase, percebemos que não podemos mais ficar sonhando com o futuro, pois o momento é de realizar, o que gera muitas cobranças internas.

Se você está passando por esse período, entenda que as lições de Saturno não podem ser classificadas como boas ou ruins. Elas apenas são necessárias para o desenvolvimento de todos. Não fique achando que se não realizar tudo o que deseja até esse ciclo, não conseguirá nunca mais. Até porque, muitas vezes os efeitos do retorno podem começar cinco anos antes e durarem mais cinco depois. Mas, isso vai depender da posição e dos aspectos do planeta em cada mapa. As pessoas que passam por esse retorno sem que a vida esteja definida podem sentir muita angústia, frustração e a auto-estima abalada. Por esse fato, é constante vermos pessoas que voltam a estudar ou procuram empregos definitivos nesta fase. O retorno de Saturno mexe com assuntos ligados ao tempo, sucesso, idade e fracasso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (178) magia (81) signos (80) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) Astrofísica (54) espaço (53) (52) umbanda-astrologica (50) tarô (47) esoterismo (39) pesquisa (37) previsões (37) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) astrofisica (25) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) ciência (21) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) astronomia (18) lua (18) destino (17) energias (17) terra (16) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) zodiaco (14) estrela (13) exu (13) mapa astral (13) planeta (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) 2012 (11) ogum (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) fotos (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Estrelas (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) cientistas (8) escorpião (8) ex-BBB (8) galáxia (8) mistério (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) astros (7) beleza (7) busca (7) energia (7) magia sexual (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)