Total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Nova droga praticamente dobra eficácia do tratamento da hepatite C

Já aprovado pelo FDA, telaprevir age mais rápido no organismo e apresenta índice de cura de 75%, ante uma taxa de 44% do tratamento tradicional, de acordo com o 'New England Journal of Medicine'

Hepatite C: a doença se caracteriza por uma inflamação do fígado causada pelo vírus HCV Hepatite C: a doença se caracteriza por uma inflamação do fígado causada pelo vírus HCV (Thinkstock)
A droga telaprevir pode se tornar a alternativa mais segura e eficiente no tratamento da hepatite C. De acordo com uma pesquisa publicada no New England Journal of Medicine, o tratamento combinado de telaprevir com a medicação tradicional (interferon peguilado e ribavirina) curou 75% dos pacientes com a doença – frente ao índice de cura de 44% do tratamento usado hoje. Os resultados apresentados no estudo levaram à aprovação do remédio em 23 de maio deste ano pela agência sanitária dos Estados Unidos (FDA).

A hepatite C é uma inflamação do fígado causada pela infecção do vírus HCV, que é transmitido, geralmente, pelo contato com sangue contaminado. As complicações da doença podem levar a danos ou falência do fígado ou casos de cirrose. Quando o tratamento é ineficiente, o paciente pode se ver obrigado a passar por um transplante do órgão.

De acordo com Ira M. Jacobson, líder do estudo, a aprovação do telaprevir é o maior avanço na área em mais de duas décadas, já que além de mais eficiente, o remédio consegue agir ainda de maneira mais rápida no organismo. A droga tem um conceito similar às usadas para tratar o HIV, uma vez que funciona inibindo a ação dos produtos gerados após a infecção do vírus. O telaprevir é eficiente contra o tipo 1 da doença, responsável por cerca de 75% das infecções pelo HCV.

Segundo Jacobson, o telaprevir conseguiu ainda resultados significativos nos grupos de pacientes que não respondiam bem à terapia convencional. Entre os voluntários de um dos grupos que participaram do estudo, por exemplo, o grupo tratado com a droga combinada ao tratamento usado hoje teve 62% de cura, enquanto o grupo que recebeu apenas a terapia tradicional apresentou 25% de cura.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Marcadores

astrologia (177) signos (80) magia (79) espiritualidade (60) conceito (57) comportamento (55) (52) umbanda-astrologica (50) tarô (47) espaço (43) esoterismo (39) Astrofísica (37) pesquisa (37) previsões (37) taro (35) mulher (34) conceitos (33) pesquisas (31) gostosa (30) umbanda astrológica (29) estudo (26) horoscopo chinês (25) planetas (24) religião (24) horoscopo (23) astrofisica (22) bem estar (20) climazzen (20) cabala (19) arcanos (18) ciência (18) lua (18) astronomia (17) destino (17) energias (17) vibrações (16) arcanjo (15) cosmos (15) saúde (15) ifá (14) terra (14) zodiaco (14) exu (13) mapa astral (13) umbanda-astrológica (13) Nasa (12) Quíron (12) beleza da mulher (12) 2012 (11) estrela (11) ogum (11) planeta (11) poder (11) sensual (11) atriz (10) biblia (10) ensaio (10) lilith (10) lingerie (10) prazer (10) Candomblé (9) Foto (9) Sol (9) dragão (9) estudos (9) fotos (9) numerologia (9) protetores (9) rituais (9) Marte (8) RELAÇÕES MÍSTICAS (8) ancestrais (8) apresentadora (8) axé (8) escorpião (8) ex-BBB (8) odús (8) posa (8) 2016 (7) Astrônomos (7) Estrelas (7) astros (7) beleza (7) busca (7) cientistas (7) energia (7) galáxia (7) magia sexual (7) mistério (7) plutão (7) política (7) regente do ano (7) São Paulo (6) ano do Dragão (6) arcano (6) carma (6) casas astrologicas (6) força (6) mago (6) metodos (6) orgasmo (6) praia (6) saude (6) vídeo (6) astrologia sexual (5) babalawo (5) biquíni (5) caboclos (5) calendário maia (5) criança (5) câncer (5) mediunidade (5) proteção (5) reencarnação (5) sexualidade (5) xangô (5) Capricórnio (4) Amor e sexo (3) anjo de hoje (3) anjos da guarda (2) ( 45 graus ) (1)